sexta-feira, 30 de julho de 2010

Ashley Greene está na lista dos melhores corpos do Versão


Ashley Greene está na lista dos melhores corpos do Verão.
Na verdade acho que ela é muito bonita :)
Bjs Mel's

Novos posteres de "Vampires Suck" Inspirados em Crepúsculo e Lua Nova


Posteres inspirados em Crepusculo e Lua Nova, de Vampires Suck
Bjs Melissa

Como seriam os Cullen antes de serem vampiros?

E a Rosalie ia-se casar ou já estava casada com um nobre também...
O Emmett era caçador

O Edward era um "nobre" por assim dizer...


A Alice está assim amarrada porque pensavam que ela era louca por ver o futuro...

Beijos Melissa

Dois novos outtakes de Taylor para a revista "InStyle" (2009)



Digam lá se ele não é lindo?
Bjs Mel's

Kris na capa de "High Class"


Bjs Melissa

Jamie canta "Party In The USA"



Beijinhos Melissa

Dia da estreia de Amanhecer

A data da estreia de Amanhecer já foi revelada. Será dia 18 de novembro de 2011! É verdade que ainda falta muito para vermos a nossa querida Renesmee mas por um lado também é bom porque terão mais tempo para porem mais pormenores no filme.



Postado por Mariana

Red Moon - Capítulo 2


Capítulo 2

- Muito bem, como é que querem que se chame a banda? – Perguntou o Jacob.

- CandyGirls? – Sugeriu a Rachel.

Os rapazes ficaram com cara de enjoados.

Revirei os olhos.

- Ok, vamos esquecer o nome. Que tipo de música querem? – Perguntaram.

Sorri.

A Leah foi buscar um computador e mostrou-lhes um vídeo das PussyCat Dolls a música “Buttons”.

- Vocês querem usar este tipo de roupa? – Perguntou o Jacob.

- Sim. – Respondeu a Rachel.

- A mãe vai-se passar. – Disse o Seth á Leah.

UMA SEMANA DEPOIS:

Podemos estar felizes porque quando apresentámos a nossa actuação levamos a nota máxima por isso o professor decidiu que devíamos entrar pelo menos no musical do final de ano, mas infelizmente só com autorização dos nossos pais.

Estávamos todos no gabinete do director.

- Bem, eu tenho a certeza que os vossos filhos são muito bons na área da música por isso mesmo queríamos a vossa autorização para eles entrarem no musical da escola de final de ano. – Pediu o director.

- Sim, mas não mais que isso. – Pediu a minha mãe.

- Pode ficar descansada. – Disse o director.

Nós rapazes e raparigas já nos damos bem, então a Rachel e o Paul nem se fala eles namoram e tudo…

- Qual é a música que vocês vão tocar? – Perguntou o Jacob.

- Não sei, que tal “Toxic” da Britney Spears? – Sugeri.

- Parece-me bem, é uma música á qual nos adequamos. – Disse Rachel.

Treinámos a tarde toda o Toxic ao qual a Rachel fez uma coreografia tipo as das PussyCat Dolls.

- Não consigo mais hoje… - Admiti.

- Eu também não…amanhã continuamos. – Disse a Rachel.

Mais tarde o Jacob decidiu perseguir-me até casa.

- O que queres? – Perguntei.

- Fazer-te uma pergunta. – Respondeu.

- Podes dizer.

- Queres ir jantar comigo? Hoje? – Perguntou-me.

Vá, eu lá bem no fundo até quero.

Mas depois penso: “Ele só se sabe atirar às miúdas, eu não quero cair nas garras dele.”

- Hum…ok, pode ser. Vens buscar-me? – Perguntei.

- Claro. Até logo. – Respondeu.

Só me apetecia gritar, na verdade eu ia sair com o rapaz mais giro e cobiçado da escola!

- O que se passa? Estás tão animada… - Disse o meu avô.

- Na verdade eu vou sair com o Jacob Black! O Rapaz mais giro de sempre! – Exclamei.

Corri em direcção ao quarto no segundo andar da casa.

Abri o meu guarda-vestidos e comecei a tirar imensos vestidos e roupa para cima da minha cama.

Não encontrava na perfeito…

- Nessie…calma. Eu ajudo-te. – Disse a Rosalie.

A Alice entrou com a minha mãe, o meu avô já lhes devia ter contado o que se passava.

- Tens de ir simples…ao natural. – Disse a Alice.

Vesti um vestido preto cai-cai, umas collants pretas, umas botas pretas e um casaco preto.

Olhei-me ao espelho, na verdade estava linda não é para me gabar…

Desci as escadas e fui para a porta da rua, o Jacob já lá estava dentro do seu carro.

- Então? Onde queres ir? – Perguntou o Jacob.

- Hum…que tal ao cinema e depois jantar fora? – Perguntei.

- Parece-me bem. – Disse sorrindo.

Fomos ao cinema ver um filme de terror, e depois fomos jantar a um restaurante de hambúrgueres.

Depois de jantar-mos fomos passear pela floresta de Forks, estava uma noite linda…

Espero que gostem :)

Bjs Mel's EM BAIXO ESTÁ A ROUPA DA NESSIE

Datas de Aniversário do Elenco de Twilight

Aqui estão as datas de aniversário do elenco de Twilight:


10/01 - Alex Meraz
20/01 - Daniel Cudmore
21/01 - Boo Boo Stewart
23/01 - Julia Jones
26/01 - Cameron Bright
31/01 - Michael Sheen
01/02 - Rachelle Lefevre
11/02 - Taylor Lautner
16/02 - Sarah Clarke
21/02 - Ashley Greene
23/02 - Dakota Fanning
02/03 - Bryce Dallas Howard
10/03 - Edi Gathegi
15/03 - Kellan Lutz
09/04 - Kristen Stewart
19/04 - Catalina Sandino Moreno
13/05 - Robert Pattinson
17/05 - Nikki Reed
29/05 - Justin Chon
15/06 - Elizabeth Reaser
13/07 - Gil Birmingham
25/07 - Michael Welch
09/08 - Anna Kendrick
16/08 - Cam Gigandet
21/09 - Christian Serratos
28/09 - Kirsten Prouto
2/10 - Graham Greene
05/10 - Noot Seear
09/10 - Jodelle Ferland
22/11 - Jamie Campbell Bower
25/11 - Billy Burke
26/11 - Peter fascinelli
07/12 - Jack Huston
10/12 - Xavier Samuel
21/12 - Jackson Rathbone
24/12 - Stephenie Meyer
31/12 - Bronson Pelletier




PS: sei que isto não tem muito a haver com o blogue porque ele é dedicado a Renesmee mas como tem a haver com o Twilight decidi postar.


Postado por Mariana

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Renesmee e Jacob - Fanmade



Pensem se eu chorei no video da Isle Esme vejam lá só o quanto eu n chorei nesse!

É tipo a história do Jacob e da Nessie na opinião da autora...espero que gostem :)

Bjs Mel's

Videos Edward e Bella

Sim, aqui também postamos coisas sobre eles, até porque sem eles em especial o Edward a Renesmee não existeria... hihi

Eu vi este video da Isle Esme e eu quase chorei...a sério eu quase chorei. Está tão bem feito...

Bjs Mel's

Filme a gozar com Crepusculo e Lua Nova

Foi feito um filme a gozar com a saga twilight. Para veres o trailer do filme vai a este link:

http://www.youtube.com/watch?v=vHkPJ1ACLrg



Já vi o filme e está muito fixe mas ao mesmo tempo estúpido. Vale a pena ver o filme porque dá para rir muito.



Postado por Mariana

Meu fan-fic







        Sinopse:
  Caso Bree Tanner não tivesse morrido; se ela tivesse um poder especial;se ela fosse uma mulher sedutora e perigosa.Você acha que o universso volturri ficaria abalado!?



          Notas da Autora:
  "No filme a Bree não passa de uma criancinha assustada, mas no meu fan-fic ela etá mais velha e madura, além de ser mais facil criar um fan-fic com ela, pelo o fato dela não muita historia pela" 

Fotos de Jackson RathBone



6 erros no filme Eclipse

Eu estive a fazer uma pesquisa na Internet e encontrei estes 6 erros no filme Eclipse:



- Quando Bella está a conversar com seu pai no sofá no começo do filme,presta atenção à sua orelha direita. Às vezes está coberta pelo cabelo, e às vezes tem um pedaço de cabelo pendurado À frente.

- Quando Jacob leva Bella pelo bosque, em algumas partes a sua manga esquerda está um pouco afastada da sua mão e em outras está a cobrir o seu pulso.

- Na última cena onde Edward e Bella estão sentados no campo ensolarado, Edward não está a brilhar.

- Os Culles estão a ver as reportagens sobre a violência em Seattle. Está de noite na reportagem, e o reporter diz “isso é CNN ao vivo”. Os Cullens estão a ver o noticiário e está de dia. Forks e Seattle estão na costa de Washington, não poderia estar de noite num lugar e de dia no outro.

- Quando a cabeça de Victoria é arrancada por Edward, os seus olhos estão abertos e num outro ângulo estão fechados.

- Assim como em Lua Nova, a cicatriz da mordidela de James está do lado errado do braço de Bella.


Postado por Mariana




quarta-feira, 28 de julho de 2010

Nova Fanfic - Red Moon

Olá :)
Eu decidi fazer uma fanfic TOTALMENTE defirente sobre a Renesmee e o Jacob.
Espero que gostem.
Bjs Mel's




Prólogo:


Renesmee é uma rapariga normal de 18 anos que vive em Forks com uma família normal e anda numa escola normal. Tem amigos normais até que um dia ela conhece um rapaz na sala de música que vai mudar a vida dela e das suas amigas ajudando-as a seguir o seu sonho.
“Nunca pensei que isto pudesse acontecer…
Actuar apenas em pequenos espaços como o ginásio da escola parecia um pequeno desastre mas depois de tudo começar a crescer como a fama e grandes amores tudo mudou…
Para melhor…”
- Então o que preferem? Uma banda simples ou recheada? – Perguntou o Jacob rindo assim como os restantes amigos dele.
Olhei para a Leah.
- Recheada e sexy. – Respondi.
- Não me parece que meninas de Forks consigam fazer isso. – Disse o Paul.
- É isso que tu pensas. – Respondi.


Capítulo 1


Eu tenho imensos tios e tias, apenas Emmett e Alice são filhos do avô Carlisle e da Esme. Jasper e Rosalie estão casados com eles mas mesmo assim vivem na mesma casa.
O meu pai Edward Cullen é filho do Carlisle e da Esme e a minha mãe Isabella Swan Cullen é filho do avô Charlie e casada com o meu pai.
Acordei de manhã com a tia Alice a chamar para ir para a escola.
- Já vai tia! – Exclamei.
Nenhum dos meus tios tive filhos por isso adoram-me a mim.
Saí da cama a muito custo e vesti uma saia cinzenta com alguns folhos, uma t-shirt com uns desenhos, uns ténis All Star pretos e um casaco de couro preto. Tomei o pequeno-almoço com a minha família e fui para a escola no meu carro.
- Bom dia Renesmee. – Saudou a Leah.
- Bom dia. – Respondi.
A Rachel já lá estava ao pé de nós, o liceu de Forks tem de tudo…de nerds a rapazes convencidos como o irmão da Rachel. Jacob Black e os amiguinhos dele…
- Olá mana. – Disse o Jacob á Rachel.
- Olá mana. – Disse o Seth.
O Seth é irmão da Leah…
- Então as meninas vão para a ridícula aula de música? – Perguntou o Paul.
- Vocês também vão…por isso não sei porque é que estás a dizer isso. – Rematei.
- Sim, mas nós tocamos instrumentos. – Disse o Jacob.
- Que bom para ti… - Disse eu em direcção á sala de música.
Sorri pelo quanto estúpidos e fui até á sala de música.
A verdade é que o Jacob é bastante giro mas simplesmente ao saber que é giro acha-se o melhor.
Na aula de música o trabalho de casa era interpretar uma música e nós, a Rachel eu e a Leah, escolhemos “Buttons” das PussyCat Dolls.
E tivemos a melhor nota da turma, claro, nós somos muito boas a cantar qualquer tipo de música…
Recebi um papel do Jacob, ele toca guitarra.
“Podia-mos ir ao casamento do teu avô com a Sue juntos…já que o teu avô e o meu pai se dão muito bem…”
NO CASAMENTO DO AVÔ CHARLIE:
- Olá Renesmee, posso tratar-te por Nessie? – Perguntou o Jacob.
- Depende do que queres… - Respondi.
- Só vim dizer-te que estás muito bonita. – Disse o Jacob.
Olhei para mim, estava com uns saltos altos e um vestido curtinho e justo.
- Obrigada, mas se nunca nos falamos porque estás agora a falar comigo? – Perguntei.
- És amiga da minha irmã… - Disse o Jacob.
Ri-me.
- Se queres que fale contigo vais ter de deixar de ser convencido! – Exclamei.
- Não tenho culpa de ter músculos. – Disse o Jacob.
A cerimónia começou, a uma certa altura já o meu avô estava casado e a minha mãe um pouco triste com a ideia…
No dia seguinte na aula de música tivemos uma notícia inesperada.
- Muito bem, eu vou juntar-vos em grupos e vocês têm de ensaiar e apresentar uma música com coreografia…então os grupos são: Renesmee Cullen, Rachel Black, Leah Clearwather, Paul e Seth Clearwather. – Disse o professor.
- Eles não gostam da mesma música que nós! – Exclamei.
- Entendam-se. A “banda” tem de ter um nome e ser feita por todos! – Disse o Professor.
Estamos feitas. Depois das aulas fomos para a sala de música conversar sobre como seria a nossa banda.
- Então o que preferem? Uma banda simples ou recheada? – Perguntou o Jacob rindo assim como os restantes amigos dele.
Olhei para a Leah.
- Recheada e sexy. – Respondi.
- Não me parece que meninas de Forks consigam fazer isso. – Disse o Paul.
- É isso que tu pensas. – Respondi.

Boo Boo Stewart ficará em todos os filmes da Saga



O novo membro da Saga Twilight, Boo Boo Stewart tem grandes novidades para os fãs.
“Ouvi que vão ter mais três filmes,” ele disse a Laura Saltman do “Dish of Salt” no Access Hollywood em uma nova entrevista. “Eclipse, Breaking Dawn, e deve ter mais um.”
A representação do astro também notou o filme adicional quando foi anunciada a escolha de Boo Boo ao Access.
“Boo Boo Stewart interpretará o personagem Seth Clearwater nos próximos três filmes da mundialmente popular franquia ‘Twilight’ baseada nos livros bestsellers de Stephenie Meyer,” o representante disse numa declaração.

Como Seria Forks High School Vida Na Real?





Bonecos Twilight e mais...

imagebam.comimagebam.comimagebam.comimagebam.com
Que lindos, eu quero muito!Parece uma foto, estilo o museu de cera,notaram a posse do Pattison!? Combina com a noticia, rob é eleito o bonitão de 2009 no Brasil
Eleito pelo o puplico do sate ego, veio seguido de Rodrigo Hilbert e Matheus Salomon, e declarou: “Quem não gostaria de ser chamado de cara mais atraente? Bem, não sei se sou sexy ou não. Como posso comentar sobre eu mesmo? Pergunte aos outros, eu acho. Me sinto bem com isso até que não atinja o estereótipo. Mas sim, eu gostaria de renomear o título para ator mais atraente, ao invés de pessoa mais atraente. Depois de tudo, sou um ator, primeiramente.

Nova bloggeira

Hey, sou a nova bloggeira e estou muito feliz! Dados basicos, nome Mari Vasconcelos, tenho 13 anos e sou muito fãn do eclipese, mas chega de falar de mim, vamos ao meu primeiro post, espero que gostem (:

Todos os casais romantico e fofos tem uma musica especial que é só deles,mas geralmente só descobrimos quando ocorre a estreia do filme e infelizmente esse é o caso do Jak e da Nessie e por enquanto isso muita gente faz alguns fan-fics em forma de video e olhem só esse que eu achei...


Muito lindo, não acham!? Adorei a montagem

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Uma foto diz tudo!

(Clique para ampliar)

Oi!
Eu estava num site de imagens engraçadas quando eu vejo essa!
EU MORRI DE RIR!
Fui ler os comentários e estavam falando que se fosse verdade, iria ser fofo. Que estranho...
Desculpem eu estar tão sumida, as minhas aulas começaram e eu não to tendo tanto tempo pra postar :/
O que acharam dessa magnífica montagem?

Beijos

domingo, 25 de julho de 2010

Poster fanmade de Amanhecer

Kristean Stewart na lista das 100 estrelas de cinema mais sexy's em 7º lugar

Only You - Capítulo 14

Capitulo 14

As coisas com o Jake não andam NADA bem, digamos que não andam…a Keitlyn passa a vida a meter-se entre nós, já não me bastava a convencida da Betty. Sai da cama e o meu telemóvel tocou, era a Sarah uma amiga minha.

- Olá Sarah.

- Renesmee! Olha nós estávamos a pensar ir jantar fora e ir a um bar ou uma coisa assim, alinhas? – Perguntou a Sarah.

- Não sei…eu…alinho. A que horas? – Perguntei.

- Vou buscar-te ás 18:00h. – Respondeu a Sarah.

Vesti-me e fui para a casa grande onde também estava o Jacob a falar com o meu pai.

- Papá! Olha pai os meus colegas vão jantar fora e vão a um bar achas que posso ir? – Perguntei.

O meu pai ficou pensativo. Só espero que ele me deixe ir, quer dizer é último dia que nos vamos ver.

- Jacob vai com ela. – Pediu o meu pai.

Sorri para o Jacob.

- Eu adorava mas não posso, é que vamos fazer uma festa á volta da fogueira e vocês deviam ir para a Keitlyn saber quais são as regras entre vampiros e lobisomens.

- Sendo assim nem penses que vais sair com os teus amigos. – Disse o meu pai.

- Pai…peço-te. Eu porto-me bem e chego a tempo á festa á volta da fogueira. – Prometi.

O meu pai revirou os olhos derrotado.

- Sim, mas não chegas nem 1 minuto atrasada. – Disse ele.

Á tarde antes de ir jantar com eles vesti: umas skinny jeans, uns sapatos de salto alto e uma blusa de alças cheia de brilhos (escolhida pela tia Alice), a tia Alice maquilhou-me e fui para o jantar. No bar quando olhei para o relógio já estava meia hora atrasada sai do bar a correr, passei por casa e deixei lá a mala e fui a correr para a floresta estavam todas á minha espera.

- Desculpem, desculpem, desculpem. A sério! É que eu sem querer distrai-me das horas. – Justifiquei-me.

- Ok, senta-te e deixa-nos falar. – Pediu o Sam.

- Volturi… - Murmurou a Alice.

- Alice? O que é que se passa? – Perguntei.

A Alice olhou á sua volta e centrou o seu olhar na minha mãe.

- Bella, eles descobriram que o Charlie sabe do nosso segredo, eles não admitem que mais nenhum humano saiba da nossa existência, isto foi a gota de água. – Disse a Alice.

Olhei para o Jacob, o Jacob deu-me um beijo na testa e passou a mão pelos meus cabelos.

- O que é que fazemos? – Perguntou o Jacob.

- Não sei… - Disse o meu pai, passando as mãos pelo cabelo.

- Acho que… - O Emmett interrompeu a Rosalie.

- Vamo-nos a eles! – Exclamou.

O Jasper riu-se, a Alice olhou para ele e ele ficou novamente imóvel. Olhei para o Jacob e encostei a cabeça no seu ombro e dei-lhe a minha mão.

- Acho que o mais importante é manter-mos a Renesmee fora disto, os Volturi já não gostam muito dela, com ela por perto pior. – Disse o meu pai.

- Vamos deixa-la em casa, então. – Disse o Emmett.

- Óptimo, a Renesmee fica em casa e os lobos vão connosco. – Disse o meu pai.

Puxei o braço do Jacob, fomos os dois para trás dos arbustos.

- Não vás! – Exclamei.

- Nessie… - Não deixei o Jacob falar.

- Nessie nada! Tu ficas, porque se tu vais eu também vou! – Exclamei.

- Não vais mudar de ideias pois não? – Perguntou-me o Jacob.

Abanei a cabeça em sinal que não, o Jacob agarrou na minha mãe e deu-me um leve beijo na mão. Abracei-me ao Jacob e beijei-o, não quero ficar sem ele!

- Eu…posso ficar com a Nessie? – Perguntou o Jake ao Sam.

- Podes… - Disse o Sam.

- Amanhã de manhã encontramo-nos todos aqui, eles vêm á tarde. – Disse a Alice.

No dia seguinte quando acordei já ninguém estava em casa, vesti-me tomei o pequeno-almoço e fiquei á espera do Jacob. A campainha da porta tocou…abri e era já o Jacob.

- Vamos ficar aqui enfiados o tempo todo sem saber o que se está a passar! – Exclamei de um lado para o outro.

- Nessie, não podes ficar assim. Tu por acaso, dormis-te alguma coisa? – Perguntou o Jacob.

- Não! – Respondi.

Bjs Mel's

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Produtores de Amanhecer contam como será Renesmee



O produtor Wyck Godfrey contou ao LA Times que a produção de “Amanhecer” começará no próximo Outono (nos Estados Unidos). Ele contou como irão fazer Renesmee.Renesmee Cullen é a filha metade vampiro e metade humana de Edward Cullen e Bella Swan. É algo como um super bebé. Cresce rapidamente, tanto física como mentalmente e já sabe falar aos sete dias de vida.

Muitos fãs da saga Crepúsculo de Stephenie Meyer perguntam-se como será a criança, e o produtor deu um começo de resposta:

“Continuo a ter em mente uma imagem do ‘O Curioso caso de Benjamin Button’. É quase certo que vamos fazê-la com efeitos especiais junto com uma actriz. Não seria de surpreender se a criássemos por computador, mas também poderíamos gravar os efeitos de uma pessoa no estúdio. Não sei, quem vai decidir é o diretor. Ele dará-nos o ponto de vista de como quer fazer”, disse o produtor.

Então para criar Renesmee no filme “Amanhecer”, irá ser utilizada a mesma tecnologia que foi utilizada no filme “Avatar” de James Cameron.

Humor


terça-feira, 20 de julho de 2010

Vida Eterna - Capítulo 5


5º Capítulo

Versão da Nessie – 1ª Parte

Estava em frente a ele e não me conseguia mexer.
Ele chegou-se ao pé de mim e abraçou-me.
- Desculpa Nessie.
Desculpas?
Ele estava a pedir-me desculpas?
Mas porquê?
- Porquê Jake? – perguntei-lhe completamente atónica.
Ele pareceu surpreendido.
- Por causa da tua festa de anos. Desculpa.
Ah!
Pois, ele ter ido embora daquela maneira depois de eu implorar que ele ficasse foi mesmo mal, mas pronto, eu tinha vindo para falar com ele e o resto não importa.
- Jake, preciso de falar contigo. – disse com um tom de voz suave e lento.
- Falar? Sobre o quê? Mas espera! O Edward ou a Bella sabem que estas aqui?
Ups….e agora?
Ia mentir?
Não, não posso mentir ao Jake, vá Renesmee conta a verdade.
- Não, não sabem. Fugi pela janela. Mas é que precisava mesmo de falar contigo.
- A sério? O Edward vai ficar fulo quando descobrir. Olha vamos para a garagem, o meu pai já deve estar a dormir, por isso não o vamos acordar.
Eu assenti com a cabeça e fomos em direcção á pequena garagem avermelhada que se encontrava no meio do mato junto a casa dele.
Entramos e fomos nos sentar no pequeno sofá de dois lugares que ele tinha no fundo da garagem.
Estava completamente nervosa, ele ali, junto a mim, de tronco nu, eu quando olhava para ele corava levemente, e tinha sempre a impressão que ele notava perfeitamente.
- Então Nessie? O que é que se passa para a minha princesa ter saído de casa a meio da noite? – perguntou-me ele cortando o silencio que existia entre nós.
- Sabes Jake…eu…. – estava completamente nervosa que até gaguejava – Eu vou começar a ir á escola para a semana que vem. – decidi começar pelo mais simples.
- A sério? – ele ficou com uma cara de pânico, surpresa, tristeza ou admiração?
Não conseguia distinguir a sua reacção.
- Sim, os meus pais acham boa ideia. É por isso que preciso de falar contigo. Estou super nervosa. E se não conseguir adaptar? E se descobrirem? Pior, se eu não me conseguir controlar? – eu estava a falar e não parava.
- Calma, primeiro, tu não te vais descontrolar, pois és uma meia-vampira responsável e que sabe distinguir o que deve e não deve fazer. Depois, tu já sabes a matéria toda, vai ser canja fazer o secundário e vais-te adaptar rapidamente, pois não á nada para te adaptares, é só ires ás aulas, ouvires os professores e voltares para casa.
Ele começou a rir-se e eu entrei no ritmo.
- Obrigada Jake, sinto-me muito melhor. Sim deve ser fácil. – agradeci-lhe amavelmente e ainda não era hoje que ia entrar no outro assunto.
- Nessie, olha durante os teus anos não te consegui entregar a tua prenda de anos. – ele tirou uma caixinha pequena do bolso dos calções e entregou-me – Toma, Parabéns princesa!
-Oh Jake não era preciso!
Eu abri a pequena caixa com um embrulho castanho avermelhado e quando a abri vi a pulseira mais linda de sempre.
Era uma pulseira de ouro super simples, mas tinha pendurado um lobo também em ouro.
- É tão linda. Adorei. – comecei a chorar e abracei-o logo, não consegui evitar.
- Ainda bem que gostaste. Adoro-te Nessie.
Ele disse-me que adorava-me?
- Eu também gosto muito de ti Jake! – e ele nem fazia a ideia de quanto, mas ia ficar assim durante mais algum tempo, por enquanto bastava-me a sua amizade, isso eu não queria perder nunca.
Ele colocou-me a pulseira no meu braço direito.
Ela era tão linda e servia-me perfeitamente, parecia que tinha sido feita á minha medida.
Era simplesmente magnífica.
- Acho melhor ires para casa, se não o senhor Cullen vai ficar furioso. – disse-me o Jacob.
- Acho que ele nem vai saber, os meus pais estavam demasiado entretidos. – começamos a rir tipo loucos, só de pensar o meu pai e a minha mãe, urhh, até me dá arrepios de nojo.
- Nessie eu levo-te até onde eles não me sintam está bem?
Acenei afirmativamente e saímos da pequena garagem.
Demoramos cerca de meia hora a chegar, pois fomos devagar e aproveitar a noite, e durante todo o caminho fomos calados, nenhum de nós disse uma única palavra.
Quando chegámos a uns 800 metros da minha casa ele abraçou-me e beijou-me a face esquerda.
- Boa noite Nessie! Até amanhã!
- Boa Noite Jake. – foi as únicas palavras que me saíram depois de um abraço daqueles que me deixou sem fôlego.
Corri o mais rápido possível em direcção a casa, entrei para o meu quarto e pareceu-me ver tudo como estava e até ouvir alguns sons do quarto dos meus pais, percebi logo que estava tudo bem e que eles não sentiram a minha falta a hora que estive fora, sim parece que tinha sido uma eternidade, mas foi apenas uma hora.
Vesti o meu pijama, uns calções largos e uma t-shirt com a pantera cor-de-rosa.
Deitei-me na cama e deixei-me levar pelo sono.

- Renesmee acorda! Acorda Nessie!
Quem é que me está a gritar a uma hora destas?
- Vá lá Nessie levanta-te, temos muita coisa para fazer.
Abri lentamente os olhou e a primeira coisa que vi foi a minha tia Alice ao meu lado a saltitar e a gritar.
- Nessie, acorda! Vá lá miúda.
Ai não acredito.
- Tia, deixa-me dormir. – pedi-lhe.
- Deixar-te dormir? Nem penses nisso. Temos que ir comprar as coisas para a escola. Vá lá dorminhoca, acorda. – que chata que ela é.
Estava mesmo a ver que não ia conseguir ficar a dormir, por isso levantei-me lentamente.
- Até que enfim querida! Vai tomar banho e veste-te, estou á tua espera na casa grande.
- Bom dia para ti também tia. – mas ao dizer isto ela já tinha saído do meu quarto num fechar de olhos.
Dirigi-me á casa-de-banho e liguei a torneira da banheira.
Entrei e tomei um duche rápido, com a pressa que a Alice estava, era melhor não demorar.
Após o rápido duche, voltei para o meu quarto e tirei do roupeiro umas calças de ganga e uma t-shirt a dizer: Glamorous em dourado, penteei-me, meti perfume e calcei umas botas castanhas rasas, pois ir fazer compras com a Alice era sinónimo de andar muito e dores de pés.
Sentei-me na cama e estava a arrumar a mala com carteira, telemóvel, gloss, etc, quando reparei na pulseira dourada que tinha no braço direito.
Lembrei-me da noite passada em que fui ter com o Jacob e ele deu-me esta pulseira como prenda de aniversário que adorei.
Neste preciso momento o meu pai entra pela porta dentro do meu quarto.
- Renesmee Carlie Swan Cullen, onde estiveste ontem á noite?
Ups, esqueci-me que o meu pai estava aqui em casa e que ainda por cima lia mentes.
Alguém pode ser apanhada da pior maneira?
Eu não podia mentir nem nada.
- Nem tentes Renesmee. – respondeu-me o meu pai ao meu pensamento.
A minha mãe segurava o braço do meu pai para que ele não fizesse nenhuma asneira.
- Desculpa pai, eu devia ter pedido autorização, mas foi um impulso, eu precisava mesmo de falar com ele. – e comecei a choramingar.
- Alguém me diz o que se está a passar aqui? Edward? Renesmee? – a minha mãe não estava a perceber nada da conversa.
“Pai conta-lhe” – pedi-lhe em pensamentos.
- A Renesmee fugiu ontem á noite de casa e foi ter com o Jacob.
- Desculpa mãe, eu precisava de falar com ele.
Ela estava com uma cara de espanto, mas não de terror.
- OH Renesmee! Não voltes a fazer isso. Foi a primeira vez. Mas não voltes a sair assim de casa a meio da noite. Está bem querida?
- Claro mãe. Desculpem, não volta a acontecer.
O meu pai ainda estava a tremer e todo nervoso, mas após as palavras da minha mãe ele acalmou-se e veio me abraçar.
- Pronto querida, mas não voltes a sair assim a meio da noite. Quando soube que tinhas saído de casa a meio da noite, pensei logo nos perigos que podias encontrar por ai.
“Pai, hello! Sou meia-vampira, não sou nenhum humano qualquer frágil e sensível”
- Eu sei querida, mas não voltes a fazer isso. Agora vai que a Alice já está a fumar pelas orelhas.
O meu pai é o maior (ele riu-se com o comentário).
Abracei o meu pai.
- Adoro-te pai.
Depois abracei a minha mãe.
- Adoro-te mãe.
Sai de casa a correr, saltei o pequeno rio e corri para a casa dos meus avôs.
- Até que enfim Renesmee, já estava quase a ir te buscar. – a minha tia apareceu á minha frente e estava fantástica, até de mais para ir simplesmente ás compras.
Ela estava com um vestido que lhe dava por cima do joelho preto com uns bordados ao pé do peito, tinha uns collants pretos, umas botas com um salto pequeno em tons de preto brilhante e para finalizar, tinha vestido um casaco com manga a três quartos que lhe assentava perfeitamente.
- Desculpa tia, tive uns problemas com os meus pais, eu conto-te pelo caminho. Olha posso levar o meu carro? Ainda não o experimentei.
- Claro querida, mas vamos já, temos muita coisa para comprar.
A viagem foi rápida, eu a conduzir e a falar sobre a noite passada, a Alice nem queria acreditar naquilo que tinha feito, e até me repreendeu, mas depois esqueceu e passou á acção no Shopping de Seattle.
Fomos á melhor papelaria do shopping e comprei uma data de cadernos de uma colecção rosa e prateada linda e até comprei o estojo igual.
Depois fomos a montes de lojas de roupa para renovar o meu guarda roupa, com casacos, camisolas de manga cumprida, pois este tipo de roupa eu tinha pouca, pois só as vestia quando saia para estar com os humanos no Inverno, de resto nunca tinha frio, eu achava que podia estar no meio de um nevão de manga curta e calções que não ia ter o mínimo de frio.
É a sorte de ser meia-vampira.
Ao fim do dia estava cheia de sacos de várias lojas diferentes, entre eles tinha, os cadernos para a escola, casacos, camisolas, calças e botas.
Peguei no carro e na velocidade máxima consegui chegar a casa em 15 minutos, uma viagem que uma pessoa numa velocidade normal, faz em 35 minutos.
O resto do dia correu normalmente, sem muitas alterações, só a diferença que o Jake não tinha vindo.
No domingo estive a planear o plano de estudo com o meu avô, era o dia de folga dele no hospital e estava a ajudar-me a organizar-me os estudos que ia dar no ano lectivo.
Durante todo o dia não vi os meus pais, pensei que eles tivessem na nossa casinha, que era o mais provável, portanto não liguei.
Ao fim do dia toda a minha família, incluído os meus pais que já tinham chegado, juntaram-se á mesa para me darem algumas dicas como falar com os meus colegas, que história ia contar á escola e diversas atitudes que um adolescente normal tem.
Durante todo o fim de semana o Jake não tinha ido ver-me, já estava a ficar preocupada, ele tinha dito na sexta que íamos nos ver no dia seguinte, mas ele apareceu, e no dia seguinte, hoje, também não.
Eu não podia dar-me ao luxo de ir ter com ele, pois tenho a certeza que desta vez o meu pai estaria atento.
Então deitei-me na minha cama com os fones do meu iPod nos ouvidos e comecei a ouvir música para tentar ficar mais calma.
Amanhã ia pela primeira vez para a escola.
Local novo, pessoas novas, tanta coisa nova.
Adormeci a pensar sobre este assunto e a ouvir a minha música preferida.




Versão do Jacob – 2ª Parte

O leitor de mentes tinha sido específico: não podia ver a Nessie durante todo o fim de semana.
Tinha acabado de vir da ronda e estava cheio de sono, e cheio de saudades da minha princesa, só me lembrava dela, não conseguia parar de pensar na Nessie.
Quando cheguei á porta da minha casa vi duas pessoas que me eram familiares.
Bella e Edward.
- Olá Jake. – saudou-me a Bella, desde o nascimento da Renesmee eu nunca mais me importei se a Bella era vampira ou humana, ela continuava a ser a minha melhor amiga e tratava-me como o seu melhor amigo.
Abracei-a num abraço forte, pois sabia que ela não se ia partir ao meio, o Edward riu-se com o meu pensamento.
- Olá Bella, ei Edward – acenei-lhe com a mão.
- Preciso de falar contigo. – disse o leitor de mentes com uma voz grave.
- Eu sabia que vais cedo ou mais tarde vinhas cá. – eu sabia, ele queria tratar-me como um adolescente de 15 anos, ele queria pedir-me para afastar da Nessie, eu sabia, mas ele tem que compreender o que significa para mim a Nessie, ele tem que saber e não me pode afastar dela.
- É assim Jacob, quando tu tivestes aqueles pensamentos eu fiquei louco. Nunca pensei ninguém pensar na minha filha daquele jeito, ela ainda só tem sete anos, tudo bem, que parece ter 17, mas não tem. – ouvi tudo sem dizer uma única palavra, ele tinha razão, eu passei das marcas.
- Pois passas-te.
- Mas Edward, Bella, eu nunca pensei nela daquela maneira, tu sabes disso. – apontei para o leitor de mentes. – Mas não sei o que me deu naquela altura, ela estava tão…
- Urhh. – o leitor de mentes não estava a acha graça.
- Desculpem, mas não me consegui controlar, ela parece uma mulher.
- MAS NÃO É. – gritou-me o Edward.
- Eu sei, eu sei.
- Quero que te afaste dela durante um tempo.
- Edward! – repreendeu a Bella.
- Bella é o melhor. Jacob… - voltou a olhar para mim - a Renesmee vai começar a ir á escola amanhã e quero que ela conheça novas pessoas, novos amigos, eu não quero que ela esteja obrigada a ficar contigo por causa dessa maldita impressão. – ele tinha razão.
- Eu sei, e nem eu quero isso. Eu vou ser para a Nessie aquilo que ela quiser que eu seja, a impressão é isso mesmo, claro que por vezes transforma-se em amor, mas se ela não quiser não sou eu que a vou obrigar, eu vou estar bem, se ela estiver bem. Isso é a impressão. Compreendo que queiram que ela conheça novas pessoas, mas por favor, não a metam longe de mim. Ela é a minha vida. – OMG, se alguma vez eu pensava que ia estar á frente a um vampiro e a implorar-lhe, eu pedia para me matarem, mas tinha que ser, era a minha pequena, era a minha vida que estava em jogo.
- Ela não é a tua vida.
- Sabes que sim, sem ela eu estava neste momento sei lá onde. É por ela que eu estou aqui vivo á vossa frente.
- Jake! – a Bella correu para os meus braços.
- Jake vá lá, apenas alguns dias, eu depois convenço o Edward, mas tenta não pensar na minha filha desse jeito, eu também não gostei nada de saber o que pensaste, ela só tem sete anos. – a Bella podia ser muito tolerante comigo, mas mesmo assim protegia a filha de tudo e todos, incluindo de mim.
- Jake tu já me explicaste tudo sobre a impressão, e só se a Renesmee for muito burra é que não vai te amar, tu és o melhor para ela, eu sei, mas tem paciência.
O Edwrad rugiu com o comentário da mulher.
- Edwrad, amor, tu também sabem bem, que não á outro homem que vai amar mais a nossa filha que o Jacob mas como tu disseste a escolha é dela, e Jake. – olhou para mim. – tem paciência. – voltou-me a abraçar e despediu-se. - Adeus Jake.
- Adeus Bella.
Entrei em casa, fui directo á casa de banho e tomei um banho rápido, depois vesti uns calções e deitei-me.
Adormeci com as imagens da minha menina, ela é tudo para mim, ela é a minha vida, e não posso viver sem ela, tenho que lutar.

sábado, 17 de julho de 2010

Mais Humor...




Olá!
Eu ando muito, muito sumida, mas é que não tem tantas fotos pra transformar...enfim, trago pra vocês que lêem o blog mais imagens do Robert e da Kristen :)

Beijos, Carol

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Vida Eterna - Capítulo 4

Peço desculpa não ter publicado na terça mas é que surgiram uns problemas...fiquei sem net e não consegui postar...


4º Capítulo

Versão da Nessie

Ouvi um rugido forte vindo do meu pai e apercebi-me que algo tinha acontecido … ou vinha para acontecer.
- Jacob Black: RUA! – Gritou o meu pai para o Jacob.
Mas porquê é que o meu pai estava a mandá-lo para a rua?
O que é que o Jacob fez?
Ou pensou?
Não!
A festa é minha e ninguém a vai estragar!
Corri para o meu pai que já estava em frente ao Jacob a rosnar e meti-me entre os dois.
- Pai, NÃO! O Jake fica. Não sei o que é que ele fez ou pensou, mas a festa é minha e ele fica.
O meu pai continuava a rosnar e não parava de tremer.
- Amor acalma-te! – Disse a minha mãe para o meu pai.
- Jacob: para com esses pensamentos!
Mas o que será que o Jacob pensou?
Já estava nervosa e irritada.
O que é que o Jake pensou para irritar o meu pai desta maneira?
O meu pai olhou para mim e respondeu ao meu pensamento de uma forma fria e insensível.
- Não interessa Renesmee!
- Pai? – comecei a choramingar.
- Edward? – repreendeu a minha mãe.
- Olá! Perdi alguma coisa?
Ouvi uma voz suave e minha conhecida.
- Agora não Seth! – Respondeu o Jacob. – É melhor eu ir para casa. Adeus.
O quê? O Jake ir embora? Não, não pode ser!
- Jake espera. Não! Não vás embora, por favor!
Corri para ele e segurei-lhe o braço.
Ele olhou para mim com uns olhinhos de carneirinho mal morto, ou lobinho mal morto.
- Nessie, o teu pai está muito nervoso, amanhã falamos. Ah! É verdade: Parabéns fofinha!
Ele abraçou-me e deu-me um beijo na cara rápido, demasiado rápido para o meu gosto.
Ouvi um rosnar de dentro de casa, o meu pai claro!
Renesmee para de pensar nestas coisas.
-Obrigada Jake. – respondi-lhe
- Vá linda, amanhã vê-mos. – largou-me e ainda o vi a entrar na floresta.
Voltei a ir para dentro de casa.
Quando cheguei senti um abraço forte e quente, muito idêntico ao do Jake.
- Parabéns piolho! – O Seth é sempre um querido! Eu adoro-o.
- Olha tenho um presente para ti. Sei que não é nada de especial, mas sei que gostas e que por acaso, ainda não tens, nem sei como, mas pronto, aqui tens! – Ele entregou-me um presente fino e tipo um quadrado, com um embrulho cor de rosa.
- Oh Seth! Não era preciso. Sabes bem que eu não ligo a prendas.
- Piolha, cala-te e abre. – ele sorriu para mim e eu abri o pequeno embrulho.
Era o novo CD dos Paramore, uma das minhas bandas favoritas.
- Oh obrigada. Eu queria mesmo este CD, mas ainda não tinha tido tempo para o comprar. Obrigada Seth.
- Tive uma pequena ajuda. – ele olhou para a Alice e piscou-lhe o olho.
- Nessie: em falar de presentes, vem cá abrir o resto. – chamou-me a tia Rose.
- Toma Nessie. Esta é minha e do Emmett. – A tia Rose deu-me um embrulho rosa choque com um grande laço prateado.
Eu abri a caixa e vi umas botas pretas com um salto fantástico.
Estava com a boca aberta de tanto espanto, as botas eram.
A minha tia Rose sabia bem o que eu gostava.
- TIA! – gritei. – São lindas! Adorei.
- Eu sabia que ias gostar!
A avó e o avô deram-me uma colecção de livros sobre o século VII, eu adoro ler, principalmente sobre o passado, por isso adorei a prenda.
O resto da festa foi normal.
Canta-mos os parabéns, comemos o bolo, quer dizer, eu e o Seth.
Dancei muito, cantei e até divertir-me com o Seth, mas faltava-me uma pessoa, nunca deixei um segundo de pensar nele, mas amanhã ia falar com ele e isso reconfortava-me.
Eu estava no sofá num dos meus momentos de descanso entre as danças, e a minha mãe tinha-me acabado de chamar.
- Filha, vem cá!
Fui até á garagem onde estava toda a família, o Seth já se tinha ido embora, mas não estava a perceber nada, o que estavam todos a fazer na garagem?
Na garagem?
- Mãe? O que foi?
- Querida, falta dar-te uma prenda. A minha e a do teu pai. Toma.
A minha mãe deu-me uma pequena caixa vermelha e abri-a.
Uma chave prateada.
- Uma chave?
No momento em que perguntei, o meu pai tirou o pano que estava a tapar um carro, que eu nem tinha reparado e vi um Mercedes preto lindo.
- É para ti querida!
Não estava a acreditar!
Este magnifico carro é para mim?
OMG! OMG!
- Mãe, Pai! É lindo. Adorei a prenda.
- Ainda bem querida! Mas temos outra surpresa!
- Outra? – o que podia vir mais?
Após receber um carro como prenda de anos, o que podia vir mais?
- Para a semana que vem vais começar a ir a escola.
O quê?
Ir para a escola?
Mas como?
Já?
- Mas…?!?
- Não fiques assustada, vai correr tudo bem!
Eu estava assustada!
Mesmo…
- Sim…. – disse com uma cara de desespero.
Ir para a escola já para a semana?
Estar com humanos.
Conhecer novas pessoas.
- Isso mesmo filha. Acho que te vai fazer bem conviver com mais pessoas além da família e dos lobos. – respondeu-me o meu pai aos meus pensamentos.
“Sim pai, também acho, mas estou preocupada, não será perigoso?” – perguntei ao meu pai em pensamento enquanto ia para o sofá da sala.
- Perigoso? Tenho a certeza que não filha. Nós todos confiamos em ti. Sabemos que tu és capaz de te controlar bem. Olha quando tu vais aos centros comerciais com as tuas tias, estás rodeada de humanos e nem reparas. – reconfortou-me o meu pai.
O meu pai tem razão.
Quantas vezes eu já fui ás compras e estava rodeada por humanos e nem dava conta.
Simplesmente não pensava neles nessa forma.
A voz da minha mãe interrompeu os meus pensamentos.
- Muito bem, hora da menina Renesmee Cullen ir para a cama. Nessie, vamos para casa? Boa Noite família.
- Claro. Boa noite família!
A minha família também desejou uma boa noite para mim e para os meus pais e dirigi-me com eles para a nossa casinha no meio da floresta do outro lado do pequeno rio.
Quando cheguei ao meu quarto, tirei as sandálias que a minha tia Alice me tinha oferecido, os meus pés doíam-me de tanto dançar em cima de uns saltos daqueles.
Tomei um banho demorado e pensei em todos os acontecimentos do dia de hoje.
Em relação ao Jacob, estava muito intrigada.
O que levou o meu pai a reagir daquela maneira?
E havia a situação da escola.
Só uma pessoa apenas é que me ia compreender e apoiar.
Só uma pessoa é que eu queria falar e dizer todos os meus medos.
Mas essa pessoa não estava neste momento aqui e eu preciso de falar, preciso de tirar todas as minhas dúvidas.
Sai do banheiro, os meus pais já estavam no quarto deles e fazerem sei lá o quê e dispenso saber, então tenho o resto da noite para pensar sem que o bisbilhoteiro do meu pai me chateia.
Durante a noite a minha mãe metia no seu escudo protector e eu podia sonhar livremente e pensar tudo o que eu desejasse.
Eu apenas desejava uma coisa: ver o Jacob.
Precisava de falar com ele.
Precisava de ouvir as suas palavras carinhosas a dizerem que ia correr tudo bem.
Precisava que ele me abraçasse e me desse miminhos como quando era criança.
Lembro-me quando eu adormecia ao colo do Jake, nos seus braços fortes e quentes, onde eu sabia que nada de mal podia acontecer.
Nos braços do Jake eu sabia que estava protegida, eu sabia que estava em segurança.
Eu sabia que o Jacob Black me ia proteger sempre.
Como é que eu sei?
Não faço a mínima ideia, mas tenho essa certeza quando estou com ele.
Portanto, uma coisa eu sabia: tenho que ver o Jake ainda hoje.
O meu pai não estava a ouvir-me, se não já estava aqui no meu quarto a dizer: “Nem penses numa coisa dessas Renesmee”, mas como ele não estava aqui, tenho que aproveitar.
Fui ao roupeiro e tirei umas calças de ganga simples, uma camisola preta, um colete cinzento, um cinto prateado na cintura e calcei uns ténis cinzentos práticos e confortáveis, eu ia correr, por isso nada de saltos, nem nada parecido.
Arranjei rapidamente o cabelo, abri a janela do quarto e saltei.
Eu não acredito no que tinha acabado de fazer.
Tinha acabado de sair de casa a meio da noite sem os meus pais saberem.
Isto não era nada meu.
Eu sempre fui a menina bem comportada, mas o meu pai foi muito bruto quando mandou embora o Jake, portanto precisava de o ver e pedir ajuda para resolver alguns assuntos.
Só o Jake me podia ajudar.
Corri o mais rápido que consegui.
Corri num passo nada humano e até acho que consegui fazer o meu record.
Cheguei a La Push ao fim de 10 minutos.
Abrandei o passo e comecei a andar num passo rápido mas humano.
Cheguei perto da casa dele e vi-o.
Ele estava de costas, mas mesmo assim consegui ver que ele estava apenas com uns calções de fato de treino e tinha o tronco completamente nu.
Uau, ele estava lindo de morrer!
Senti as minhas bochechas a corar.
Renesmee acalma-te é apenas o Jacob.
Só agora é que reparei que ele estava acompanhado com alguns dos outros lobos.
Reconheci o Sam, o Jared e o Paul.
- Ei Jake, olha quem está ali. – Disse o Paul para o Jacob apontando para mim.
- Ei pessoal! Desculpa Jake vir sem avisar, mas preciso mesmo de falar contigo.
- Nessie? Queres conversar? O Edward sabe que estás aqui?
Fiquei corada, completamente corada.
O que ia lhe dizer?
Ia lhe mentir?
Não, não vou mentir, vou dizer a verdade, seja o que tiver que ser.
- Não Jake! O meu pai não sabe que eu estou aqui. Sai pela janela.
- Ui amigo, vais ter problema. Adeus. – O Paul e as suas piadinhas sem graça.
- Boa sorte Jacob. Até amanha – Despediu-se o Jared.
- Até amanha Jacob, adeus Renesmee. – disse o Sam.
O Sam é dos lobos que menos gosta da minha família, mas mesmo assim trata-me da melhor forma por respeito ao Jacob.
- Adeus pessoal! Até amanhã. – Despediu-se o Jake deles.
É agora.
Agora tenho o Jake só para mim, é agora que vou resolver tudo.
Ele olhou para mim e sorriu-me.
OMG que vou desmaiar.
Como é que ainda estou aqui em pé?
Existe algo mais maravilhoso que aquele sorriso lindo?
Eu acho que não, quer dizer tenho a certeza.
Comecei a andar em direcção dele, em direcção ao meu destino que podia muito bem ainda não estar escrito.
Só o tempo pode dizer o que ia acontecer.

Bjs Melissa

Amanhecer pode mostrar a cena do parto

Ao contrário do que circulou na internet, a guionista da franquia Crepúsculo, Melissa Rosenberg, é a favor de Amanhecer, último filme da saga de vampiros, mostrar as cenas do parto de Bella, personagem interpretada por Kristen Stewart. A informação é do Pop Sugar.O que ela não acha necessário é mostrar os dentes de Edward através da placenta. "Eu não acho que nós precisamos ver isso. Creio que será mostrado de forma implícita, mas eu não acho que veremos os dentes pela placenta", disse a guionista.
Com direcção de Bill Condon (Deuses e Monstros), A Saga Crepúsculo: Amanhecer será dividido em duas partes. Melissa Rosenberg, guionista dos outros três filmes da franquia, escreverá o guião. Wyck Godfrey (Querido John), Karen Rosenfelt (Marley & Eu) e Stephenie Meyer, autora da série de livros que inspirou os longas, assumem a produção.A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte I já tem data para chegar aos cinemas: 18 de Novembro de 2011.

sábado, 10 de julho de 2010

Junta-te ao Blog

Podes fazer parte do blog da Renesmee basta:

- Enviares o teu nome
- A tua idade
- Se já estives-te em algum blog ou estás
- Se tens esperiencias em blog's (se não tiveres não faz mal)

E-mail: renesmeecullenfan@hotmail.com

Enviaremos um e-mail como resposta :)
Bjs Mel's

Manda a tua fanfic

Podes enviar-nos a tua fanfic!
Envia:
- O teu nome
- Os primeiros 5 capítulos da tua fanfic (era bom que tivesse mais avançada para não haver atrasos..)
ATENÇÃO: A fanfic tem de ter pelo menos uma personagem da saga. E também só aceitamos se for sobre a saga.

Estamos á espera :)

Bjs Mel's

E-mail do Blog :)

Olá pessoalm quem quiser mandar algum e-mail para o blog com alguma fanfic ou alguma coisa envie para o seguinte e-mail: renesmeecullenfan@hotmail.com
Bjs Mel's

Only You - Capitulo 13


Capitulo 13

A miúda é irmã do Erik? Só pode ser maluca como ele!
- O Jacob é muito simpático, ele e o Paul. Eles explicaram-me como as coisas funcionam aqui e falaram sobre ti e a tua família. – Disse ela.
- Sabes querida o Jake é sempre simpático para todas as rapariga…agora se me dão licença ao contrário de vocês tenho trabalhos de casa, não perco tempo com rapazes se é que me percebem. – Disse eu para picar o Jacob.
Sim, já que ele é tão simpático para todas as raparigas! Caminhei rapidamente para casa e o Jake seguiu-me a meio do caminho agarrou-me o braço e puxou-me para ele.
- Nessie…o que é que se passa? – Perguntou.
- Jake todas as raparigas andam em cima de ti…estou farta, sempre que quero ficar sozinha contigo alguém entra, alguém faz alguma coisa. – Respondi.
O Jake passou a mão pelos meus cabelos, beijou-me e pôs a mão na minha cara puxando os meus lábios mais para os dele tirou a mão da minha cara e passou-a pelas minhas costas parando no meio e empurrando o meu corpo mais para o corpo dele um choque eléctrico percorreu-me a espinha, estava na altura de avançar para uma parte mais séria da nossa relação, abracei-me ao Jake e puxei lentamente a t-shirt dele até que alguém fala.
- Jake…? Desculpem…eu não sabia. – Disse a Keitlyn a fazer-se de sonsa.
Afastei o Jacob agarrei na minha mala que estava caída na relva e fui a correr para casa, entrei e bati com a porta. Pus a mala na mesa da sala de jantar e pus-me a fazer os trabalhos, o Jake fartou-se de me ligar mas eu não atendi! Ele anda muito ocupado com a amiguinha dele e especialmente despreza-me.
Suspirei com estes pensamentos, o Jake anda cada vez mais longe de mim já não consigo aguentar! Pus a cabeça entre os braços e comecei a chorar porque é que as coisas têm de ser assim? Depois do jantar fui dormir, quando acordei reparei que era sábado. Tenho a certeza que vai ser um sábado monótono sem o Jacob, voltei a virar-me para o lado e tapar-me até á cabeça. Alguém me dá um beijo quente no pescoço, um aroma de pele maravilhoso pairou sobre o meu quarto, isto é um sonho só pode, virei-me de lado com os olhos fechados.
- Amor…Nessie…acorda meu amor. – Pediu uma voz doce e melodiosa.
Espera lá…esta voz é do Jake, o que é que ele veio aqui fazer? Pedir desculpa pela sonsinha? Não me parece…sentei-me na cama e fiquei a olhar para ele.
- Nessie, desculpa tu sabes que só gosto de ti… - Disse o Jacob.
- Eu sei… - Respondi derrotada com o olhar do Jacob.
- Vamos fazer qualquer coisa só os dois, pode ser? – Perguntou o Jake.
- Podemos. – Respondi a sorrir.
O Jacob saiu do meu quarto, vesti-me e fui ter com ele.
- Vamos? – Perguntei.
- Sim vamos lá. – Respondeu o Jake.
- Vamos correr? – Perguntei.
- Queres correr? – Perguntou o Jake.
Eu na verdade gosto de correr.
- Sim, podes ir em lobo, vamos ver quem é que chega primeiro á praia. – Respondi.
- Ok. 1, 2, 3 e vamos! – Disse o Jake.
Comecei a correr em direcção á praia, a meio o Jake parou de correr. Também parei de correr e fiquei a olha-lo, secalhar algum dos lobos estava a falar com ele. O Jacob foi atrás de uma árvore e voltou na forma humana.
- Podemos adiar o nosso passeio? A Keitlyn está a chamar-me aconteceu alguma coisa. – Disse o Jake.
- Tudo bem… - Respondi.
Voltei para casa, só me apetece chorar…o Jake só dá atenção á Keitlyn e á alcateia, fui para casa dos Cullen, sentei-me ao lado da Alice no sofá.
- O que é que se passa? – Perguntou a Alice.
- Tudo! Odeio aquela Keitlyn! Os Volturi deviam vir busca-la desmembra-la e decapita-la e depois queima-la! – Exclamei.
A Alice ficou a olhar para mim de boca aberta e meio assustada.
- Porque? – Perguntou.
- Ela passa a vida: “ Oh Jake, não percebo as regras da alcateia – gozei a fazer uma má imitação da voz dela – Jake sou tão burra que sem querer tropecei e preciso que me abraces…” Parva! Estúpida! Ignorante! Idiota! – Gritei.
- Calma…ela só é…é…- a Alice não sabe o que dizer – é… - Mandei a Alice calar-se e fui para a casa dos meus pais.
Quando cheguei a casa dos meus pais o Jake estava á porta.
- Não tens de ir ter com a tua amiga Keitlyn? – Perguntei.
O Jacob chegou ao pé de mim e agarrou-me contra o seu peito.
- Nessie…quantas vezes tenho de te dizer que só te quero a ti? – Disse o Jake.
- Eu também só te quero a ti! Mas também quero estar sozinha contigo pelo menos uma vez na vida, sem ela sem ninguém a chatear-te, sem os lobos sem ninguém. Sozinha… - A parte do sozinha foi mais um murmúrio.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Amanhecer

Bem quanto a vocês eu n sei mas eu estou mesmo muito anciosa para começar a ver stills e clipes do Amanhecer. Acredito que eles retirem algumas coisas, claro que não será tão premonorizado como no livro mas á certas cenas que quero ver tais como a Bella a tentar quase matar o Jacob quando ele diz que teve a impressão pela filha dela, o parto não sei...mas algumas pessoas devem querer ver e em especial que bebé vai protagonizar a Renesmee.
Tem de ser um bebé falante ou bastante avançado. :)
E vocês o que querem ver em especial?

Melissa

domingo, 4 de julho de 2010

Only You - Capitulo 12


Capitulo 12

- Nós não nos vamos casar… - Respondi.
A Alice graças a deus mudou de ideias e não tive de vestir nenhum vestido ridículo, ás três e um quarto do outro dia o Jake foi buscar-me á escola. Quando sai da escola fui para o parque de estacionamento estava cheia de cede. Já não aguento, a garganta já ardia. Só me apetecia chorar de tanta sede que tinha, já á muito tempo que não caço, á uma semana e isso para mim é imenso.
- Jake agarra na minha mala…preciso de ir á floresta! – Exclamei.
Quando deu por mim já estava no meio da floresta.
Na floresta ainda cacei uns veados mas nada de especial a minha sede já tinha diminuído um bocado, o Jake foi directamente para a casa dos Cullen depois iria ter com ele, a verdade é que a minha sede vem a aumentar de intensidade tenho de dizer ao Carlisle talvez seja os meus genes de vampira a desenvolverem-se ainda mais…fiz anos á pouco tempo por isso acho que já falta menos que um ano para ser uma vampira completa. Depois de caçar o mais que podia fui para casa dos Cullen, já lá estava o Jacob com o resto da família.
- Demoras-te mais que o habitual… - Disse o meu pai.
- Nem me digas nada, tive quase um ataque no meio da aula e depois fartei-me de caçar na floresta! – Exclamei.
O Carlisle sorriu.
- A transformação…estás a ficar cada vez menos humana… - Disse o Carlisle.
- Isso quer dizer que…daqui a pouco tempo ela será uma vampira? – Perguntou o Jake.
- Sim. – Respondeu o Carlisle.
A expressão do Jacob mudou rapidamente, ele não quer que eu seja vampira…ele não me quer como o inimigo mortal dele…mordi o lábio e fui falar com ele para o jardim.
- Tu não me queres assim, pois não? – Perguntei.
- Não sei…não é isso. Eu só não pensei que fosse tão…rápido. – Disse ele.
Suspirei, eu não quero que o Jake pense que não sou a rapariga certa só por ser uma vampira…quero-o ao pé de mim.
- Nessie? Terra chama Nessie. Amor porque é que estás a chorar? – Perguntou o Jacob.
O Jake levou-me até casa dele para estar-mos e poder-mos falar a sós.
- Vá lá, estás a fazer-me sofrer o que é que se passa? – Perguntou o Jacob.
- Tudo…um dia quando eu fizer 18 anos, vou me transformar e tu vais deixar de me querer. Vais preferir a Keitlyn ela pode dar-te coisas que eu não posso…ela pode dar-te filhos como sempre quiseste, ela pode ser aquela rapariga que sempre quiseste…ela pode ser o que não sou, com ela vais ter uma vida longa e feliz já comigo…não te posso dar tudo o que quiseste. – Respondi.
O Jake suspirou e ficou a olhar para mim.
- Estás bem enganada! Tu sabes muito bem que te amo, e também sabes bem que a Keitlyn ou lá quem é ela para mim é apenas uma pessoa. Tu és muito mais que isso! És a minha vida, és a razão da minha existência, sem ti não seria o que sou agora. Eu amo-te como é que ainda não percebes-te isso? Eu desejo-te todos os dias a todas as horas, eu amo-te. E eu não preciso de filhos para ser feliz contigo, o teu ano de escola está a acabar e ai sim posso te mostrar o quanto te amo. Porque se quiseres posso mostrar-te agora mesmo! Eu só quero ser feliz contigo! – Quase gritou o Jake.
Fiquei a olhar para ele um bocado assustada, eu não sabia que ele me amava tanto.
- Amo-te… Murmurei.
No dia seguinte o Jake levou-me á escola e depois fui ter com ele a La Push, quando cheguei ele estava a falar com uma rapariga, alta e magra. Com os cabelos compridos lisos e pretos escuros, estava com umas jeans uns ténis e um top justinho estava um bocadinho provocante. Olhei para mim: umas jeans, uns ténis, e uma blusa larga não vai deixar o Jake perdido de amores por mim.
- Ela é uma ameaça…não gosto nada dela… - Disse a Rachel por trás de mim.
Sorri e caminhei para ao pé do Jake, o Jake apertou-me e deu-me um beijo que até me deixou ficar sem ar.
- Esta é a Nessie, amor esta é a Keitlyn é um novo elemento do bando. – Disse o Jake.
- Odeio-a… - Sussurrou a Rachel.
Olhei para a rapariga, ela tem um nome mais bonito que o meu…ela tem olhos castanhos parecidos com os do Jake, mas claro que ninguém tem dois sóis como ele.
- Ela é irmã do Erik. – Disse o Jake.
Beijinhos Melissa