sexta-feira, 25 de junho de 2010

Only You - Capitulo 10


Capitulo 10
- Não…não, interrompes nada. – Disse eu para o Paul.
- A Leah…ela desapareceu. – Respondeu o Paul.
Olhei para o Jacob admirada, isto não é nada da Leah, ela luta contra os problemas…
- Não é da Leah… - Disse eu a tentar perceber o que se passava na cabeça dela.
- Eu sei! A Sue hoje de manhã foi ter com a Leah ao quarto dela e ela não estava… - Disse o Paul.
Pensei bem para mim, a Leah gosta de passear pela praia e de andar pelos penhascos, sai de ao pé do Jacob e do Paul a correr. Fui até aos penhascos e Leah não estava, fui pela praia e a Leah também não estava.
- Aonde é que foste? – Perguntou o Jacob.
- Sítios onde a Leah poderia estar. Mas ela desapareceu mesmo… - Disse eu.
Fomos ter com eles á casa grande, a Sue estava maluca sem saber o que fazer, graças a deus hoje é sexta-feira por isso posso ficar com o Jacob o fim-de-semana todo! Sentei-me ao colo do Jacob e pus a minha cabeça no ombro dele hoje estou com sono…
- Aonde é que ela se meteu? – Resmungou o Sam.
- Não sei porque é que estás tão interessado em saber aonde é que ela está. Ela para ti é invisível… - Disse eu.
- Não é bem assim… - Disse a Emily.
- Emily cala-te! Não és chamada para a conversa, se isso me acontecesse eu não deixaria a minha própria prima a sofrer por um homem! Nem que o amasse! – Exclamei.
- Renesmee… - Disse a minha mãe abrindo muitos os olhos do tipo:”Renesmee, estás a ser estúpida para a Emily….” Mas não quero saber a traidora aqui não sou eu.
- Por um lado a Renesmee tem razão. – Disse a Rosalie.
- Mas alguém estava a falar contigo, loira burra. – Disse o Sam.
A Rosalie revirou os olhos e saiu pela porta a correr e o Emmett foi atrás dela.
- Só não fico porque ainda te parto a boca toda. – Disse o Emmett.
- Estás a ser desagradável…e a minha tia não é nenhuma loira burra. O único burro que aqui vejo és tu! Aliás eu classifico-te como rafeiro nojento e ignorante! – Exclamei.
- Sou o mesmo que o teu amorzinho. – Disse o Sam.
- Não, não és! O Jake é bem diferente de ti… - Respondi calmamente, mas sarcástica.
Sentei-me novamente ao colo do Jacob, o Sam está a irritar-me profundamente!
- Não vamos discutir! Em vez de ficar-mos aqui parados vamos fazer qualquer coisa… - Disse o avô Carlisle.
- Sim, acho melhor. – Disse o Jacob.
- Vamos ficar em grupos: Bella, Rosalie e Alice. Emmett, Jasper e eu. Esme, Sue e Charlie. Renesmee, Jacob e Embry. Sam, Paul e Rachel. E o resto só em um grupo, vamos separar-nos pela floresta e á noite voltem. – Ordenou o Carlisle.
Fomos para a floresta procurar a Leah.
- Tenho fome… - Resmunguei para mim.
Os rapazes estavam em lobos por isso era mais fácil para eles aguentar tantas horas naquela maldita floresta, deixei-os andar e correr. Sentei-me em cima de um tronco seco, estou cansadíssimas e eles andam por aqui aos pinotes…que raiva! Deixei-me ficar ali sentada durante algum tempo. Lembrem-me para nunca desaparecer, não quero dar tanto trabalho…
- Estás ai… - Disse o Jacob.
- Aonde é que haveria de estar? – Perguntei um bocadinho irritada.
O Jacob sentou-se ao pé de mim e pôs a cabeça no meu ombro e deu-me um beijo no pescoço.
- Amor queres ir para casa? – Perguntou.
- Tenho fome e sono. – Respondi.
O Jake sorriu, com aquele sorriso que me mata e que me faz suplicar por mais. Levou-me a um restaurante de hambúrgueres e comemos.
- Acho que vou ficar uma pipa a comer assim. – Protestei.
- Eu vou sempre gostar de ti…magra ou gorda. – Disse o Jake.
Pousei o meu hambúrguer e dei-lhe um beijo. Depois do jantar voltámos para casa dos Cullen e a Leah ainda não tinha aparecido.
- Renesmee vai para casa com o Jacob que nós ainda vamos demorar muito… - Disse o meu pai.
- Ok pai. Boa noite. – Respondi.
Fui para a casa dos meus pais. Vesti o pijama e deitei-me na minha cama ao lado do Jacob.
- Achas que ela vai aparecer? – Perguntei.
- Não sei, mas espero que sim… - Disse o Jacob.
Beijei o Jacob e passei a minha perna para a cintura do Jake, continuei a beija-lo apaixonadamente o Jake passou a mão da minha cintura e pela minha perna.

Sem comentários: