quarta-feira, 30 de junho de 2010

Vida Eterna - 3º Capitulo

Desculpem o atraso mas este poste foi postado um pouco á pressa amanhã eu edito-o de melhor forma. :)

3º Capítulo

Versão do Jacob

Estava sentado á frente da minha casa a contemplar o dia.
O sol brilhava intensamente, como á muito não acontecia.
La Push é uma zona muito nublada e cinzenta e hoje estava um verdadeiro dia de verão.
Estava um dia com um enorme sol que mandava calor e sensações boas.
Mas eu já tinha o meu próprio sol, a origem de eu estar neste momento vivo.
Ela é o que me faz levantar todas as manha e viver mais um dia.
“Renesmee Cullen”-o nome dela veio aos meus pensamentos.
O nome, que mesmo sendo um pouco esquisito, era simplesmente o mais lindo e maravilhoso.
Logo quando ela nasceu dei-lhe a alcunha de Nessie, sendo mais fácil de prenunciar.
Ao longo destes sete anos tentei estar sempre junto dela e dar-lhe o melhor que pude.
Dei-lhe segurança, carinho, e principalmente protegia-a de tudo.
Ajudava-a em tudo o que ela precisava e tentava cumprir todos os seus pedidos.
Ela é uma rapariga tão bonita, tão querida e está a crescer tão rápido.
Ainda me lembro tão bem do dia do seu nascimento, parece que foi ontem, e agora já se passaram sete anos e ela esta tão crescida.
Amanha ela faz sete anos.
Tinha na mão o presente que ia lhe dar.
Era um presente simples mas que simbolizada o que eu era e para que ela nunca se esqueça de quem eu sou.
- Jacob, Jacob!!! – ouvi alguém a gritar o meu nome de longe, e pela voz só podia ser o Seth, guardei rapidamente o presente (a Nessie seria a primeira a ver)
- Oi Seth! Tudo bem?
- Tudo mano. Olha a que horas é mesmo amanhã o aniversário da Nessie? - perguntou-me.
Eu não acredito. O puto só me veio chatear para perguntar as horas do aniversário da Nessie??
- Seth, vieste aqui apenas para me perguntar isso? – respondi-lhe com um ar surpreso.
- Bem….não só……sabes….é a minha irmã…
- Seth, chega, não quero falar na Leah. Amanhã é para estares lá ás 15h. Adeus Seth. – despedi-me e dirigi-me para dentro de casa.
- Até amanhã Jake! – disse-me o Seth.
Dirigi-me ao sofá, e comecei a fazer zaping com o comando e parei num decomentário sobre lobos.
Irónico não?
Encostei-me ao sofá e ainda ouvi qualquer coisa sobre os lobos viverem em alcateias, depois apaguei!
- Jake, Jake! Acorda Jake!
- Ah? Rachel o que foi?
- Adormeçes-te aqui no sofá, está bem? O jantar está pronto.
Jantar? Quantas horas eu dormi?
- Rachel, que hora são? – perguntei á minha irmã.
- São 20.30h, dormiste a tarde inteira.
Desde a vinda dos Vulturi á sete anos, e nem me quero lembrar mais disso, a vida aqui ficou um pouco monótona e não se tens feito nada, e ainda bem!
Gosto desta calma e desta vida sossegada sem guerras e conflitos.
Gosto de viver a vida com aqueles que amo e saber que eles estão seguros e protegidos.
Após jantar o maravilhoso bacalhau com natas da Rachel, ela foi ter com o Paul (para variar) e eu decidi ir deitar-me.
Eu tinha combinado com a vidente que ia ajudar amanhã na preparação da festa e tenho que acordar bem cedo!

Trimmm, Trimmmm
Toca o meu despertador.
São 9.30h da manhã, eu tinha combinado com os Cullen ás 10h.
Hoje a minha bebé faz sete anos.
Como ela está crescida.
Hoje é o dia dela e vai estar tudo perfeito.
Cheguei á cozinha e já tinha o meu pequeno-almoço preparado.
“Rachel”-pensei.
Tomei banho rapidamente e vesti uma roupa prática, mas mais composta que o normal, afinal hoje era um dia especial.
Cheguei rapidamente á grande mansão.
Eu só pensava em ver a minha menina.
Entrei no enorme casarão e vi todos a correrem de um lado para o outro.
- Jake! Até que enfim que chegas-te.
- Olá Bella. A Nessie? - perguntei-lhe já nervoso.
- Calma! A Alice está a arranjá-la, ela vem já. Agora vai ajudar o Emmet e o Edward a montarem aquela mesa. – ela disse apontando para o outro lado da sala onde Emmet e o Edward estavam a montar uma mesa todo em tons de prateado.
Dirigi-me para ao pé deles e cumprimentei-os.
- Oi, precisam de ajuda? – eu sei, sou demasiado educado, mas desde o nascimento da Nessie que já não me importo com os sugadores de sangue. A Nessie detesta que trate a família dela por sugadores de sangue, então apenas tento ser o mais simpático possível por ela. O Edward riu-se aos meus pensamentos. Para variar, aquele intrometido andava a vaguear na minha cabeça.
- Olá Jacob. Sim podes ajudar o Emmet a acabar de montar esta mesa e depois mete aquela comida e o bolo, eu vou ajudar a Bella. – respondeu-me.
- Está bem.
O Emmet é o vampiro mais irritante de todos.
Ele consegue irritar até o podre de um santo.
Durante estes sete anos, este só manda-va bocas do tipo: “Olha a baby sister”.
E como se ele ouvisse os meus pensamentos.
- Então baby sister tudo bem?- após esta boca rosnei-lhe, mas contive-me.
- Emmet, hoje é o aniversário da Nessie, quero tudo perfeito e não me vou chatear contigo.
- Ah?? Estás muito romântico o lobo!!
Ele continuou a fazer piadas a manha toda, mas eu só pensava numa pessoa, na Nessie.
Para variar, ela deve estar linda.
A Alice a vesti-la, parece que a Nessie é uma boneca nas maus dela.
Mas hoje é especial.
Hoje é o aniversário dela.
Ouvi um rosnar vindo da sala ao lado, só podia ser o Edward a vasculhar a minha minha mente e ouviu.
Pensei logo: “Sai da minha cabeça!”
Vi a vampira vidente a entrar dentro de casa, mas não trazia a Nessie.
Fui a correr para ela.
- A Nessie? – perguntei-lhe
- Ela está a ter um daqueles momentos dela. Ela disse que não demorava mais do que 10 minutos.
Era mesmo da Nessie.
Ela adorava passar uns tempos sozinha a pensar na vida, longe da vista do seu Edward.

*************************10 minutos depois************************
Já tinham passado 10 minutos e nada de Nessie.
Começei a ficar preocupado e parecia que não era o único.
O Edward, a Bella , a Alice e a Rosalie andavam de um lado para o outro da sala.

*************************Mais 10 minutos depois**********************
- Chega, vou á procura dela. – gritei levantando-me a correr.
- NÃO! Eu vou! – Gritou-me a vidente e saiu da casa num vulto tão rápido, que não consegui impedir.

Passado uns 3 minutos insuportáveis, o Edward foi abrir a porta e foi ai que a vi.
Ela estava tão linda.
Estava simplesmente maravilhosa com aquele vestido.
Mas onde a Alice foi buscar aquele vestido?
Como é que o Edward permitiu que a Nessie vestisse aquele vestido?
Ela andava de braço em braço de toda a sua família e ainda não tinha-me visto.
Quando ela virou-se na minha direcção eu vi os seus lábios, vi a forma perfeita que eram, rosados e finos, eram perfeitos.
Olhem para cada centímetro do seu corpo.
Ela estava uma mulher.
Tinha um corpo esbelto, magro, mas bem feito.
Voltei-me a concentrar-me novamente nos seus lábios.
A minha boca, ficou seca e sabia o que queria, sabia o que precisava.
Dei um passo na sua direcção, mas um som aguda e forte me interrompeu os meus pensamentos.
Era um rugido muito forte.
“Edward” – foi a única coisa que pensei.

Beijinhos Melissa

Sem comentários: