sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Nova fanfic - Capítulo 1 - As minhas férias


As minhas Férias
Prólogo:

Renesmee Cullen vai de férias com as suas amigas, Leah e Rachel, para o Canadá um país frio.
No Canadá as raparigas ficam por acidente na mesma cabana que uns rapazes por culpa da imobiliária, Jacob Black, Sam Uley e Paul são os rapazes.
Durante esse tempo acontecem coisas às quais ninguém poderia sonhar.
Renesmee Cullen – É uma rapariga um pouco rebelde que adora aventuras e novos amores. Se bem que Renesmee não gosta de relacionamentos sérios. Tem uma beleza extrema derivada do pai e da mãe sendo o desejo de qualquer homem.

Jacob Black – É um rapaz que só se quer divertir e beber uns copos, é alto, moreno, tem músculos e é o desejo de qualquer mulher.

Rachel Black – Sempre viveu com a mãe e nunca soube quem era o pai. Como não sabia quem era o pai desconhece que é irmã de Jacob Black. Rachel é mais calma que Renesmee e gosta mais de passar despercebida.

Paul – Paul é dos rapazes o mais atrevido e gosta de namorar e estar com raparigas. Logo que vê Rachel o mundo dele pára.

Leah Clearwater – É das raparigas a que mais gosta de aventura assim como Renesmee e é a mais atlética.

Sam Uley – Dos rapazes é o que se acha o melhor.
Capítulo 1 – A minha viagem
Renesmee

Finalmente estava de férias! Eu e as minhas amigas, Leah e Rachel, decidimos que iríamos de férias para o Canadá.
Os meus pais deixaram-nos ir sozinhas afinal somos umas raparigas de 20 anos sabemos bem o que fazemos.
Saí da sala bruscamente e fui em direcção ao meu quarto começar a fazer as malas para a grande viagem da minha vida.
Pus as coisas que mais iria necessitar numa mala só e depois as coisas secundárias numa outra.
- Estás pronta? – Perguntou o meu pai.
- Sim, vamos lá. – Respondi muito entusiasmada.
Saímos de casa com o meu pai em direcção ao aeroporto, Ia viajar sem eles os dois o que podia ser melhor?!
Chegámos ao aeroporto, no check-in já estava a Leah e a Rachel á minha espera. Despedi-me do meu pai e fui ao encontro delas.
Demos um abraço a três.
- Estou tão entusiasmada! – Gritou a Rachel.
- Eu sei! Eu também! – Exclamei.
“É favor a todos os passageiros do voo 12k para o Canadá se dirigirem á porta 17. Partiremos dentro de momentos, obrigada.”
O nosso voo estava quase a partir por isso dirigimo-nos á porta 17 para irmos para o nosso destino de férias.
Entrámos as três no avião, ficámos numas cadeiras para três pessoas assim ficaríamos todas juntas.
Horas depois:
Chegámos finalmente ao Canadá, estava imenso frio mas quanto a isso não nos importávamos nada!
Vestimos os quispos e fomos a uma loja ali perto para comprar mais roupa quente. Os meus pais tinham ligado para uma loja de carros e tinham-nos alugado um carro.
Entrámos dentro do jipe de todo o terreno e fomos até á cidade. Iríamos ficar num chalé maravilhoso para aproveitar as férias.
Chegámos então á cidade e entrámos na primeira loja de roupa que vimos. Comprámos umas botas para a neve, umas para o frio para usar dentro de casa, alguns casacos quentes e camisolas e blusas igualmente quentes.
Pelo que sabíamos dentro do chalé estaria tão quente que andaríamos de roupa interior mas dah! Somos só mulheres!
Saímos da loja e fomos em direcção ao chalé que nos era destinado. Quando chegámos apenas as minhas amigas entraram, eu decidi ir dar uma volta.
No meio da floresta maravilhosa e coberta de árvores e neve ouvi uma respiração. Eu adoro aventura por isso decidi ir ver o que se passava.
Por entre umas árvores vi um lobo enorme! Mesmo muito grande. Gigante. Fiquei parada á frente dele sem conseguir respirar.
A única coisa que me lembrei de fazer foi correr em direcção ao carro, a meio tropecei num ramo e caí com a cabeça na neve fria.
Pensei que o lobo que viesse tentar matar ou uma coisa assim, mas não. Ele ficou ali parado apenas a olhar para mim.
Talvez ele tivesse a pensar na melhor forma de me comer. Levantei-me a correr e entrei no carro.
No carro tranquei-me e arranquei bem rápido em direcção á casa onde estávamos hospedadas.
O meu coração ainda batia rapidamente e com medo. O sangue fluía rapidamente pelas minhas veias.
A adrenalina ainda estava no meu corpo. Não queria contar isto às raparigas, ia estragar-lhes as férias…
Por isso mesmo é melhor acalmar-me e depois voltar á casa. Finalmente decidi voltar a casa até porque estava muito mais calma.
Tivemos um jantar calmo. Mais tarde já estávamos muito cansadas e cada uma foi para o seu quarto.
De manhã acordei, vesti a minha camisa de noite transparente e fui tomar o pequeno-almoço com as minhas amigas.
- Bom-dia! – Exclamaram um uníssono.
- Bom-dia meninas. – Respondi com um sorriso.
- Olhem eu depois de tomar o pequeno-almoço vou passear pela floresta. – Disse a Leah.
Nenhuma de nós quis ir por isso foi apenas ela.
Eu não me dava ao luxo de ser morta por aquele lobo gigante!
Espero que gostem e comentem! Bjs Melissa

Sem comentários: