sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Capítulo 3, She Wolf


Capítulo 3 - "Megan eu amo-te..."


Visão Megan Cullen Black

Como posso descrever os meus sentimentos? Cada vez que via Melissa e Ruben, bastante apaixonados, o meu coração contorcia-se no meu peito.
Sentia-me sozinha naquele momento. Ruben e Mel estavam a beijar-se, imenso, no banco que se encontrava a uns metros de mim.
Saí dali e fui até a La Push. La Push era um sítio que me fazia acalmar. De certa forma, ali, eu ficava calma a ouvir o som das ondas a bater nos rochedos.
O cheiro do mar era tão… bom! Enquanto estava ali com os meus pensamentos ouvi a voz de uma pessoa que eu bem conhecia, Seth.
- Tudo bem? – Perguntou-me.
- Não… - Bufei. – Cada vez que o Ruben está com a Melissa eu sinto-me… - Seth interrompeu-me.
- Vazia? Zangada? Frustrada? Como se o teu mundo estivesse acabado? – Perguntou-me o Seth.
- Sim… - Como é que Seth percebia bem o que eu sentia naquele momento e em todos em que Ruben estava com Melissa.
Seth sorriu e sentou-se numa pedra ao meu lado. Seth ficou um pouco pensativo e depois olhou-me com uma cara de “eu sei o que isso é”.
- Sabes, miúda, eu acho que tiveste a impressão natural. – Disse o Seth.
Na semana que se seguiu eu tinha percebido bastante bem o que era a impressão natural. Eu sentia-me deprimida, porém, eu e Ruben começávamos a dar-nos bem.
Na escola estava um cartaz afixado a dizer: “Baile de Verão por vir!” Uma verdadeira seca! Eu não fazia tenções de ir ao baile pois nem sequer tinha um par.
Durante o dia, como óbvio, muitos rapazes me convidaram mas eu apenas disse que não queria ir e agradeci devidamente o convite.
Ouvi Ruben e Melissa a comentar o que iriam levar cada um vestido. Aquela conversa já metia nojo. Depois da Mel ir embora o Ruben sentou-se ao pé de mim.
- Olá miúda. – Disse Ruben com aqueles olhos azuis-cristal.
- Olá. – Sorri-lhe.
- Bem, amanhã a Mel não almoça aqui na escola, queres almoça comigo? – Perguntou-me.
Será que o deveria fazer? Bem, parece impossível mas na semana que se seguiu eu e o Ruben almoçámos todos os dias juntos.
A relação de Mel e Ruben não estava lá muito boa, por isso mesmo, ele decidia apoiar-se em mim. Eu era como o seu ponto de apoio, pelo menos isso do que não ser nada a ele.
Estava sentada sozinha, á espera de Mel, quando ela chegou bastante zangada. Melissa sentou-se ao meu lado e ficou a olhar para mim.
- Acabei com ele. – Disse a Melissa. – A irmã dele é uma parvinha! Passa o tempo todo a chatear-me, e ele ainda defende a irmã! Odeio, odeio, odeio! – Repetiu Mel imensas vezes.
Fui almoçar normalmente com aquele rapaz simplesmente perfeito. Eu e Ruben passámos o resto do almoço a rir e a falar sobre imensas coisas.

***Flashback***
- Megan, tens de perceber… o Alex anda a trair-te com a Hailey. – Disse a minha melhor amiga Melissa.
***Fim do Flashback***

Lembro bastante bem daquele dia em que Melissa me contou a verdade sobre o meu ex-namorado Alex. Senti-me, pela primeira vez, traída, humilhada!
Lembro que, na praia de La Push, sentei-me numa pedra e jurei a mim mesma que nunca mais me iria apaixonar por nenhum rapaz, nem nunca mais cair nos braços de nenhum rapaz.
Sentada na praia de La Push apenas fiz aquele juramento de nunca mais me apaixonar por nenhum rapaz, para nunca mais me magoar.
Olhei para a praia, onde estava agora, e comecei a pensar naquilo que estava a acontecer comigo… O que se estava a passar era simples, eu estava a ficar apaixonada.
Levantei-me da rocha que estava na praia de La Push. Olhei á minha volta e jurei para mim mesma: “Eu, Megan Cullen Black, nunca me vou apaixonar nunca mais… Nem pela minha impressão natural.”
Quando cheguei a minha casa vi a minha mãe com o meu telemóvel na mão e a vir na minha direcção apressada.
- Querida, é o Ruben. – Disse a minha mãe.
A Renesmee passou-me o telemóvel e ouvi a voz linda daquele rapaz que, quase, me faz rastejar pelo chão nojento!
- Olá… - Murmurei.
“ – Olá… Achas que podes vir falar comigo á floresta?” – A voz de Ruben estava bastante estranha, estranha demais, até.
Obedeci ao seu pedido e encaminhei-me para a floresta. Passava todos os campos cobertos de árvores. Dava para sentir aquele cheiro a pinheiros.
Quando, finalmente, cheguei á floresta tive um aperto enorme no coração. Vi logo Ruben á minha espera ao pé de uma árvore enorme.
O R. caminhou para mim e agarrou nas minhas mãos com as suas mãos quentes de lobisomem. Fiquei a olhar para ele admirada.
- Megan, eu amo-te. – Disse Ruben.
A minha primeira reacção foi pensar no que sofri e a segunda foi começar a correr dali para fora. Saí dali num passo apressado e fui para casa.
Na noite que se seguiu eu simplesmente não consegui dormir, e quando dormia, apenas sonhava com ele. Como é que eu o iria encarar nos outros dias?
Como é que ia encarar Ruben na alcateia? Simplesmente não ia. No dia seguinte fugi o dia inteiro de Ruben, mas infelizmente, tive de ir para a floresta, pois o meu pai disse que era uma emergência.


__________________
Olá, meninas!
Bem, eu também quero dedicar este capítulo á Danny á Jessie e á Jovanna e também á Carol que comentam sempre os meus posts :)
Bjs, Melissa e espero que gostem!

4 comentários:

Jéssica disse...

Ai, que lindo! Ele ama ela e ela ama ele... ♥!
Muito legal, Mel!
Ah, e obrigada por dedicar o post pra mim também!
Bjs, Jess.

Carol disse...

Ah, suas fanfic's são muito criativas :)
E, sempre continuaremos comentando.. inclusive eu :)

Beijos, Caah.

Danny disse...

Ameeei *.*
obg por dedica-la a mim =)
beijos Danny

Melissa disse...

Olá! Ainda bem que gostaram :)
É sempre bom ter um comentário :)
Bjs, Melissa