terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Solstício, Capítulo 3


Capítulo 3


Visão Renesmee Cullen

Bella levantou-se de onde estava o Jacob e ficou perante mim. O Jake olhava-nos com muita atenção, talvez pensasse que eu iria gritar.
- Eu vou deixar-vos á vontade. – Disse a Bella.
Fiquei á porta do quarto. Jacob olhou para mim e olhou para o lado.
- Nessie… - Murmurou o Jacob.
Rendi-me aos encantos do meu marido. Segui em frente e deitei-me do lado em que as costelas do meu marido estavam intactas.
- Amo-te…e tive muito medo de te perder… - Murmurei.
- Eu também… - Disse o Jacob.
Uma semana passou e nós não fomos á escola, como é óbvio. Tinha imensas saudades de sentir o meu amor.
O Liceu era quase um martírio para mim. Ver aqueles humanos tão…parvos. É parvo eu achas os humanos um pouco parvos porque eu sou meia como eles…
- Vamos fazer uma festa de anos para o Emmett, queres vir Bella? – Perguntou a Alice á Bella.
Alice tentava ser simpática mas, simplesmente, eu não conseguia. Jacob estava numa mesa com os amigos dele, os lobos.
- Vá lá, querida. Agora és da família. – Disse o Edward.
Edward quase não tocava em Bella. O meu irmão era louco pelo sangue dela por isso, para ele, era arriscado estar muito tempo ao pé dela.
Às vezes nem eu conseguia ficar muito tempo ao pé daquela criatura. Rosalie já tinha saído da nossa mesa e estava ao pé dos lobos, ela odeia-os mas odeia mais Bella.
Eu já não caçava á mais uma semana e apenas a comida não me deixava, completamente, saciada.
Aquele cheiro doce do sangue de Bella espalhava-se pela sala. Sentia-me rendida aquele sangue, tão…fresco.
Edward levantou-se, agarrou no meu pescoço e encostou-me á parede. Todos os presentes no refeitório começaram a olhar para mim e para o meu irmão.
- Então, meu?! – Jacob empurrou o Edward para trás. – Larga-a! – Quase que o meu marido gritou.
O Edward largou-me. Saí daquela escola a correr e fui em direcção á floresta para caçar. O meu irmão nunca foi assim, ele sempre foi calmo.
Jacob foi o único que me procurou, com Rosalie e Alice. Mais uma semana passou e Jacob fazia anos, bem eu tinha as surpresas perfeitas.
Primeiro, e como sei, que o Jake adora futeboll por isso decidi comprar uns bilhetes de futeboll para o jogo dos Lakers.
Como o Jake faz anos na sexta-feira e depois é fim-de-semana também comprei uns bilhetes para um fim-de-semana romântico em Paris!
- Amor… - Arfei enquanto tentava respirar por entre os beijos do Jake dentro do nosso jacuzzi.
O Jake separou os nossos lábios e olhou-me.
- Diz. – Pediu.
- Eu tenho aqui a tua prenda. – Disse eu tirando um envelope de cima da mesa ao lado do jacuzzi.
Entreguei o envelope ao Jake. Ele secou as mãos e abriu o envelope, retirou os quatro bilhetes do envelope e ficou de boca aberta.
- Nessie, eu fui comprar isto e estavam esgotados… - Disse o Jake.
- Eu sei. Eu comprei os últimos dois. – Respondi com um sorriso nos lábios. – E temos um fim-de-semana romântico em Paris. – Disse eu mostrando os bilhetes de avião.
- Eu amo-te! – Disse o Jake com um beijo nos meus lábios.
Nessa mesma noite foi a festa de anos de Jacob e como sempre a Bella foi convidada. Ela não faz parte da família…
Também odeio aquela humana armada em boa, como se ela fosse. Aquela coisa estúpida, idiota.
Só me apetecia sair dali e ir a correr para Paris com o amor da minha vida. Só me apetecia estar sozinha com ele…
A festa foi grande mas acabou bem. Chegámos os dois a Paris e levei Jacob a ver, então, o jogo dos Lakers.
Eu odiei o jogo! Foi enfadonho… Bem, mas mesmo assim eu tinha a certeza que a nossa noite iria correr bem melhor.
Senti o toque do Jacob nas minhas mãos. Jacob pegou-me ao colo e deitou-me em cima da cama do quarto de hotel.
- Amo-te. – Murmurou o Jacob contra o meu pescoço.
- Eu também. – Sorri-lhe.
Bem, o Jake foi tirando cada peça de roupa minha. Foi como na nossa lua-de-mel, ou ainda melhor do que da primeira vez.
Acordei de manhã sozinha naquela cama enorme. Olhei á minha volta e não vi o Jacob. Saí da cama, vesti a t-shirt dos Jake e fui até á casa de banho do hotel.
Ouvi barulho da água a correr, o meu marido estava a tomar banho.
- Posso ir para ai contigo? – Perguntei-lhe mordendo o lábio inferir.
Jacob parou a água e olhou-me com um sorriso.
- Claro, meu amor. – Respondeu-me o Jacob.
Tomamos os dois um banho óptimo e muito… sexy. A água a cair pelos músculos do meu amor deixava-me, simplesmente, extasiada.
O fim-de-semana passou. E voltamos às estúpidas aulas. Sentei-me na mesa do refeitório com a cabeça entre os braços.
Sentia-me mal! Tinha a cabeça a doer muito, sentia-me enjoada, e até cheguei a vomitar tudo o que bebi de sangue ontem.
- Sentes-te bem, querida? – Perguntou a minha irmã Rose.
- Não… Dói-me a cabeça e estou enjoada. – Respondi-lhe.
- Ai, ai… Devias ir falar com o pai. – Disse a Rosalie.
De tarde Rose obrigou-me a falar com o nosso pai, Carlisle, mas ele não estava em casa. Fui para minha casa e deitei-me no sofá enquanto Jake estava a trabalhar.
- Faz isto e cala-te. – Disse a Rosalie com uma caixinha cor-de-rosa na mão.
- Rose eu… - Rosalie interrompeu-me.
- Rose nada! Vais fazer isto e vais ver como eu estou sempre certa. – Disse Rosalie.
Não havia nenhuma possibilidade de eu estar grávida. Se bem que fosse uma coisa que eu realmente queria mas eu não posso engravidar e ponto final.
Acabei de fazer o teste de gravidez e esperei uns 10 minutos até receber o veredicto. Rosalie estava entusiasmada e eu estava com medo.
Primeiro, eu já tinha formado na minha cabeça a ideia de estar grávida. Aquela ideia de a barriga começar a crescer, de sentir o meu bebé a mexer… Enfim, essas coisas todas.
Mas a cima de tudo tinha medo de ficar desiludida. Segundo, o Jacob. Ele vai ficar contente ou zangado?
Fechei os olhos e a minha irmã é que se voluntariou a ver o resultado do teste de gravidez. Vi que Rosalie estava a ver a legenda do resultado e depois abriu um grande sorriso.
- Finalmente vou ser tia! – Exclamou a Rosalie com os braços abertos.
Pulei para o colo da minha irmã e caímos as duas para cima do sofá.
- A mãe e Alice não vão parar quietas um segundo… Pelo menos o Jake, uma vez na vida, fez um bom trabalho. – Disse a minha irmã Rose.
Sorri-lhe. Aquele era o melhor dia da minha vida! Uma hora depois o Jacob chegou a casa, parecia um pouco preocupado.
- Nem vais acreditar… Os Volturi vêm aqui… Aparentemente eles descobriram que a Bella sabe do nosso segredo. Eles querem destruir-nos. – Disse o Jacob.
Senti um aperto no estômago enorme. Sim, foi um aperto. Tenho a certeza que não foi o bebé a mexer, mas, quem me dera.
- Sentes-te bem? – Perguntou o Jacob ainda assustado.
- Eu… eu não esperava isto. Achas que vai ficar tudo bem? – Perguntei-lhe enervada.
- Amor… - Jacob abraçou-me. – Eu, pelo menos, vou proteger-te. – Respondeu-me com um beijo.
______________________
Olá meninas!
Gostaram do capítulo?? Comentem, por favor!
Bjs, Melissa

3 comentários:

Danny disse...

Adorei Melissa =D

Melissa disse...

Oi :)
Ainda bem que gostou :)
Bjs, Melissa

¬¬¬ Jéssiee ^ ^ disse...

Ameeeeii!
Coitada dela... como ela vai dar a notícia pro Jake agora??
Jess.