domingo, 10 de outubro de 2010

Eterno Amor, Capítulo 10

Capítulo 10 – A morte pode estar perto
Renesmee Cullen


- Há sim. Mas apenas nós, vampiros, o podemos fazer. Um de nós tem de sugar o sangue poluído do Jacob. – Disse o Carlisle.
Não! Isso não é uma solução, isso é matá-lo mais rapidamente! Todos sabemos que por o sangue do Jacob ser tão quente e doce nenhum de nós vai conseguir parar e vai acabar por matá-lo!
- Não, não podem fazer isso. – Retorqui.
- Queres deixá-lo morrer?! – Perguntou o Paul.
- Não, não quero mas, eu tenho a certeza, que quando vocês começarem não conseguem parar. – Quase gritei.
Todos olharam para baixo, eles sabem que eu tinha razão! Fechei os olhos e saí do quarto.
Fui até ao exterior da casa. Só me sentia mal, sentia-me perdida e sem nada dentro de mim!
Por um lado queria salvar o Jacob mas por outro não o queria que ele aguentasse o mais possível e que ele não me deixasse assim do nada.
- Nessie, vá lá. Reconsidera. – Pediu o meu pai.
- Promete que não o irás fazer…deixa o Carlisle fazer, por favor. – Pedi.
O meu pai sorriu e abraçou-me.
- Eu vou falar com o Carlisle e prometo, meu amor, que vai ficar tudo bem. Custa-me dizer mas… - O meu pai suspirou. – Vocês ainda vão ser muito felizes os dois.
Sorri e ele pegou-me ao colo. A minha decisão foi que quando o Carlisle mordesse o Jacob eu estaria no meu quarto.

Rubi

A Nessie trancou-se no quarto, eu fui para a floresta para não ver ou ouvir o que se ia passar.
Sentei-me na relva da floresta. Seth sentou-se ao meu lado, nenhum de nós os dois, sabia como estava a nossa situação amorosa.
- Rubi? Eu queria saber se nós…namoramos. – Disse o Seth.
- Depende, se gostares de mim, sim. – Disse eu.
Seth beijou-me.
- Acho que namoramos. – Informei.

Renesmee Cullen

Olhei pela janela do meu quarto na casa dos Cullen, vi a Rubi e o Seth agarrados um ao outro.
Hoje, agora, é a maior decisão de todas as nossas vidas: o Jacob morre ou vive, ninguém sabe se o Carlisle consegue parar de lhe sugar o sangue…

Uma hora depois:

Alguém bateu á porta do meu quarto. Abri. Era a minha mãe, sentei-me em cima da cama e olhei para ela.
- O Jacob agora está a dormir, quando ele acordar queres que te chame? – Perguntou a minha mãe.
Abanei a cabeça em sinal que sim.

Uma hora depois:

Desci as escadas e ouvi umas vozes do quarto onde estava o Jacob. Ele estava a falar com o Billy.
O Billy saiu do quarto e foi até ao sofá falar com a Sue e o Charlie. Saí da cozinha e fui até á sala.
- O Jacob acabou de acordar, e quer falar contigo. – Disse o Billy.
Abanei a cabeça em sinal que sim e fui com velocidade de vampiro para o quarto onde ele estava.
- Nessie… - Murmurou o Jacob.
- Jake… - Quase que comecei a chorar.
Jacob sentou-se melhor na cama. Puxei uma cadeira e sentei-me ao seu lado, agora sim ele parecia estar bem.
- Como te sentes? – Perguntei.
- Bem, muito melhor porque estás aqui. – Ele sorriu.
Retribuí o sorriso e beijei-o. Jacob estava vivo, o que é que podia ser melhor? Eu amo-o e quero estar com ele.

Bjs, Melissa e por favor comentem!

1 comentário:

pollyana disse...

estou ansiosa pelo proximo posta depressa