quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Eterno Amor, Capítulo 9


Capítulo 9 – Dor.
Jacob Black

Tentei não pensar muito na noite passada. Caso pensasse nisso nem ia durar dois segundos ao pé do Edward.
Eu e a Nessie não fizemos nada mas mesmo assim sentir o cheiro dela a noite toda e o toque fino foi óptimo.
Ela sorriu e deu-me a mão. Entrámos, finalmente, na torre do Relógio.
Jacob, façam eles o que fizerem eu amo-te e mais uma coisa tenta não atirar-te para cima deles. – Pediu a Nessie com o toque dela na minha mão.
- Não te preocupes, e também te amo. – Murmurei contra o seu cabelo.
Entrámos, estávamos mesmo ao pé de uma enorme sala quando começámos a ouvir uns murmúrios do Seth e da Rubi.
A Renesmee olhou-me. O Carlisle e o Edward empurraram a enorme porta e vimos logo os Volturi a falar com o Seth e a Rubi.
- Ora, ora…mas quem são eles, os nossos amigos. – Disse o Aro sarcasticamente.
Odeio quando aquele vampiro nojento é assim sarcástico, dá-me vontade de saltar para cima dele e começar a arrancar os braços e as pernas dele.
O Edward olhou-me e sorriu, ele ouviu os meus pensamentos. Aro saiu da cadeira e caminhou para a Nessie.
- Mas…é mesmo a Renesmee? – Perguntou olhando para o Edward.

Renesmee Cullen

Aro olhou-me, admirado, e olhou para o meu pai. Olhei para a Rubi e para o Seth, eles estavam a morrer de medo.
- Como cresces-te, eu lembro-me de ti quando eras pequenina mas agora estás uma mulher linda. – Disse o Aro.
- Obrigada pelo seu elogio, mas estamos aqui por outra razão. – Disse eu.
- Sim, Aro, nós queremos levar a Rubi e o Seth para Forks. – Disse o avô Carlisle.
Aro suspirou e começou a andar em volta sala enorme, ele nunca mais se despachava a mandar a Rubi e o Seth embora!
- O que querem fazer com eles? – Perguntei com os dentes serrados.
- Tu e a Rubi são umas semi-vampiras óptimas, especialmente tu tens um dom simplesmente especial…também te devias juntar a nós. – Disse o Aro.
- Aro, ouve-me, vocês têm uma lei á qual não podem fugir dela. Não podem transformar ninguém sem o consentimento da pessoa! – Exclamou o Carlisle.
Aro suspirou e sentou-me na sua cadeira. Olhei para o Jacob e ele beijou a minha mão.
- Ouve Carlisle eu não quero saber disse. – Aro levantou-se a caminhou para mim. – Na verdade isto foi mais uma manobra para eu puder transformar a Renesmee mas sempre pensei que o Jacob e vocês nunca viessem.
Aro puxou a minha mão e afastou o meu cabelo com a boca em direcção ao meu pescoço.
Jacob transformou-se em lobo e saltou para cima do Aro. Aro lançou-me para cima de um branco de pedra.
Eu caí e a minha mãe correu para mim.
- Estás bem? – Perguntou a minha mãe preocupada.
- Estou sim…mãe o Jake! – Quando olhei o Jacob estava por baixo do Aro e ele morde-o.
Jacob começou a gemer, na forma de lobo, logo voltou á forma humana. Aro tinha um pouco de sangue na boca.
- Por hoje acabou! Levem os vossos amigos e o lobo nojento! – Gritou o Aro.

Em Forks:

Deitei-me em cima das pernas geladas da minha mãe a chorar violentamente. A minha mãe acariciou os meus cabelos e beijou-os.
- Mãe… - Solucei. – Quando é que o Carlisle me manda chamar? – Perguntei.
- Daqui a pouco, ele está só a examinar o Jacob. – Disse a minha mãe.
Pouco tempo depois o meu avô Carlisle chamou-nos. Fui a primeira a chegar ao quarto onde estava o Jake.
Ele parecia que estava óptimo, estava a dormir tranquilamente com os lençóis pela cintura.
Estavam todos naquele quarto, os lobos, os vampiros e até os humanos. Estávamos todos misturados.
Tentei reter o meu choro, não queria chorar ali.
- O que se passa? – Perguntei a medo.
O meu medo era da resposta, de ouvir o que não queria. De ouvir que o Jake estava a morrer.
- O Jacob está a morrer com o veneno do Aro. – Disse o Carlisle.
- E podemos fazer alguma coisa? – Perguntei.

1 comentário:

Anónimo disse...

Nossa to super animada quando saai o proximo capitulo????