domingo, 24 de outubro de 2010

Eterno Amor, Capítulo 12

Olá, meninas.
Peço desculpa por não ter postado mais cedo este capítulo mas é que este é o fim da primeira temporada...
Em breve postarei já a segunda temporada, já tenho o prólogo e a imagem, espero que gostem do capítulo e que comentem.
Bjs, Melissa



Capítulo 12 – Aniversário com surpresa incluída!
Renesmee Cullen

Saí da aula de Educação Física completamente alterada! Primeiro porque o professor é um sexista!
Só os rapazes é que são bons e têm boas notas, nós as raparigas somos umas idiotas que não temos jeito para nada!
E segundo porque os rapazes passam a vida a mandar bocas de como sou bonita e hoje um infeliz qualquer apalpou o meu traseiro, eu dei-lhe um murro e ele foi fazer queixa ao conselho directivo.
Por isso, hoje, os meus pais devem receber uma carta do conselho directivo da escola. Saí da escola e fui para casa.
Quando cheguei os meus pais estavam a falar com o Jacob á porta de casa, o meu pai tinha um papel na mão.
- Renesmee Cullen o que é isto? – Perguntou o meu pai.
- Eu… - O meu pai interrompeu-me.
- Tu nada! Espero que tenhas uma óptima desculpa e convincente! – Gritou o meu pai.
Ficaram os três a olhar fixamente para mim. Baixei os olhos e, com vergonha, olhei para eles os três.
- Eu estava na aula de Educação Física. O professor mandou-nos correr á volta da escola, quando estávamos no campo de futeboll o tal rapaz apalpou-me o traseiro. Eu dei-lhe um soco e parti-lhe três dentes de trás. – Respondi com a cabeça baixa.
Olharam uns para os outros. Sim, eu arranquei três dentes a um rapaz ao murro e daí? Não sou assim tão fraca.
- Meu deus, era só o que me faltava um rapaz fazer isto á minha filha! Ainda bem que lhe partis-te os dentes! – Exclamou a minha mãe.
- Devias-lhe ter partido mais. – Disse o Jacob.
- Fiquei de castigo? – Perguntei.
- Claro que não. Agora vai tomar banho e depois vocês os dois podem ir passear. – Disse a minha mãe.
Assim foi. Fui tomar um banho e fui passear com o Jake.

Leah Clearwater

- Mãe! Pára! – Pedi.
- Só para quando perceberes que vais cometer o mesmo erro outra vez! – Exclamou a minha mãe.
Posso estar a cometer o mesmo erro de novo mas isso é responsabilidade minha, não dela!
- Sue, deixa a miúda fazer o que acha que está certo! Eu nunca gostei nada do Edward mas tive de aceitar o casamento deles! – Exclamou o Charlie em minha defesa.
Pelo menos uma pessoa que, realmente, me apoia nesta decisão de casar com o Sam!
- Sabes que mais? Faz o que quiseres, desde que sejas feliz… - A minha saiu até ao seu quarto e do Charlie.

Renesmee Cullen

Acendam as velinhas que aqui a Nessie faz, hoje, 18 anos! Sou oficialmente maior de idade!
Saí da cama e fui até á sala de estar os meus pais estavam a fazer o meu pequeno-almoço.
Eu pedi á Alice que não queria nenhuma festa mas está se mesmo a ver o que é que ela vai fazer: uma festa!
- A minha bebé faz anos hoje! – Exclamou a minha mãe com um presente na mão.
Olhei para o meu pai e ele piscou-me o olho. Sorri e abri o presente, era uma caixa de música linda.
Era preta cheia símbolos dos Cullen. Abri a caixa e tinha uma mulher com os cabelos como os meus e uma pele pálida como a minha.
A música era uma música, de piano, que o meu pai me tinha escrito. Eu adoro quando ele toca para mim.
A parte de dentro da caixa era forrada com cetim vermelho, lá dentro também tinha um colar igual ao da tia Alice do Clã Cullen.
Eu ADORO o colar da tia Alice, e sempre quis ter um assim!
- Eu…adoro! – Exclamei.
- Ainda bem, meu amor, queres que te ajude a pôr o colar? – Perguntou-me.
Abanei a cabeça em sinal que sim e afastei o meu cabelo. A minha mãe agarrou no colar e pô-lo.
Olhei-me ao espelho. Na verdade eu sentia-me uma vampira completa, isso é bom?
- É sim, meu amor. – Sorriu o meu pai.
- Vá, agora tens de ir para a escola. O Jake deve estar a chegar. – Disse a minha mãe.
Fui até ao meu quarto vestir-me. Logo a seguir ouvi o meu pai a falar com o Jacob e com os meus tios.
Saí do quarto e fui até á sala onde eles estavam todos.
- Parabéns, meu amor. – Abracei-me ao Jacob.
Os meus tios deram-me os parabéns e eu o Jake e a Rubi fomos para a escola. Não me apetecia nada ir mas pronto…
- Vens me buscar? – Perguntei.
- Claro princesa. – Jacob sorriu e beijou-me.
Amo-te, querido – Disse-lhe pelo toque.
Saí do carro e fui para as aulas com a Rubi. As aulas foram normais, estava a pouco tempo de as acabar e estava MUITO feliz!
O Jacob foi buscar-me apenas a mim porque a Rubi foi passear com o Seth. Eles estão tão apaixonados.

Á noite:

A Alice, infelizmente, fez uma festa enorme. Não convidou humanos, apenas o avô Charlie, a Sue o Billy e tal.
A festa estava a ser óptima mas apetecia-me ir passear, apanhar um pouco de ar! O Jacob deu-me uma pulseira, linda, de ouro com um lobo igualmente em ouro.
Fomos os dois passear a um pequeno logo que havia em La Push, Jacob ficava lindo á luz do luar.
- Renesmee. – OMG! Pela primeira vez na minha vida ele chamou de “Renesmee”. – Eu estive a pensar tanto na nossa relação e… - O meu coração acelerou, sentia-me cheia de medo das palavras de Jacob. – Queres casar comigo? Quase me perdes-te e ao mesmo tempo quase te perdi e posso te perder a qualquer momento por isso daí a pergunta.
O meu mundo estava, oficialmente, de e pernas para o ar mas num bom sentido. A minha vida iria mudar, disso eu tinha a certeza.
Olhei para a cara de sustado do Jake com a potencial resposta negativa que eu nunca iria dar.
A coisa que eu mais queria era dizer que o amava e que queria ficar com ele mas a alegria dentro de mim era tanta que eu precisava de assimilar tudo para conseguir dar uma resposta.

Sem comentários: