terça-feira, 5 de outubro de 2010

Eterno amor, Capítulo 8

Capítulo 8 – O Beijo da Rubi e do Seth.
Leah Clearwater


Sentei-me no sofá ao lado da minha mãe e do Charlie, o Seth estava a fazer a ronda assim como o Sam.
Eu não percebo a minha relação com o Sam, será que há uma relação? A minha mãe olhou-me e passou as mãos pelos meus cabelos.
- Leah? O que se passa? – Perguntou-me.
- É o Sam mãe! A Emily morreu, sinto-me culpada mas gosto do Sam e ele diz que gosta de mim! – Exclamei.
- Leah, vais cometer o mesmo erro uma segunda vez? Ele vai deixar-te de novo e tu vais voltar a ser o que eras?! – Quase me gritou.
- Gritar não ajuda nada! – Saí do sofá e fui para o meu quarto.
Quando entrei tinha uma mensagem do Jake: “Leah, os Volturi levaram o teu irmão e a Leah!”
O meu coração parou, num instante eu não sabia o que fazer. O Seth era o meu irmão pequenino e agora está, quase, morto!
- MÃE! O Seth! Ele foi levado pelos Volturi, eu vou para casa dos Cullen! – Informei.
A Minha mãe começou logo a chorar, o Charlie tentou acalma-la.
- Nós vamos contigo. – Disse o Charlie.
Quando chegámos á casa a Renesmee e o Paul estavam aos gritos um com o outro. O resto estava tudo sentado a suspirar a bufar.
Só se ouvia: “A alcateia é minha, não tua!” – Gritava o Paul. “Quero lá saber da tua estúpida alcateia de cachorrinhos! A Rubi é minha melhor amiga! O Seth é o meu melhor amigo por isso tu calas-te e fazes o que EU mando aqui a vampira sou eu!” – Gritava a Nessie.
O Paul e a Nessie odeiam-se, também o Paul odeia toda a gente. O Sam estava parado a olhar para mim, eu não sabia o que fazer mas o que importava, agora, era o meu irmão!

Renesmee Cullen

- Vamos fazer assim, alguns de nós vão buscar o Seth e a Rubi os outros ficam aqui quietos caso aconteça alguma coisa. – Expliquei o meu plano.
- Tu deves pensar que és a rainha dos vampiros, não? Eu vou, tu ficas aliás só vão os lobos. – Disse o Paul.
- A Rubi é minha melhor amiga, por isso mesmo TU ficas EU vou! – Gritei.
- CALADOS! – Gritou a minha mãe.
Nunca vi a minha mãe a gritar daquela maneira! Sentámo-nos todos nos sofás e o Carlisle é que falou.
- Alice, mantêm-nos a par da situação. - A Alice saiu da casa para a floresta, com os lobos ali ela não pode ver nada. – Jasper, controla a Nessie e o Paul. – Jasper começou a tomar atenção, em particular, a mim e ao Paul. – Emmett e Rosalie vão revistar a floresta. – Edward, Esme, Bella, Jacob e Sam venham comigo, tenho um plano. – Disse o Carlisle. – Ah e Leah fica de olhos neles. – Pediu o Carlisle.
Ficámos ali todos sem olhar uns para os outros. Eu só queria ir rápido a Volterra e trazer a Rubi e o Seth de volta!
Poucos minutos depois saíram todos do escritório do meu avô Carlisle e olharam para nós.
- Nessie? Vamos precisar de ti. – Disse o meu pai.
Engoli a seco.
- Como? – Perguntei.
- Antes teve de ser o Nahuel a provar que os semi-vampiros não fazem mal a ninguém mas desta vez tens de ser tu. – Disse o Carlisle.
Abanei a cabeça em sinal que sim. Estava tudo estudado e preparado. Iria eu, Jacob, o meu pai, a minha mãe o Carlisle a Leah e o Emmett.
O Paul era impulsivo demais para esta “missão”.

Rubi

Sentei-me a um canto, de uma grande sala de pedra, e o Seth a outro canto. Ele apenas andava de um lado para o outro a pensar no que haveria de fazer para sairmos dali.
Embora ele saiba que nós nunca iríamos sair dali. Só se por ventura os Cullen e os lobos nos viessem buscar!
Alguém abriu a porta, era o tarado do Alec. Ele tinha um pequeno tabuleiro com algumas comidas e água.
- Vá, comam! Tu em especial, Rubi, tens de estar saudável. Não transformamos pessoas pouco saudáveis. – Disse o Alec.
Fechou a porta com força e deixou-nos ali. Esgueirei-me até á comida e bebi um pouco de água e comi um pouco de pão.
- Seth… Come, precisas de comer. – Disse eu.
Seth sentou-se ao pé de mim e comeu um pedaço de pão. Apoiei a minha cabeça no ombro do Seth e comecei a chorar.
- Não chores, querida. – Pediu.
- Nunca vamos sair daqui… - Solucei.
O Seth inclinou-se para mim e deu-me um beijo na boca! Eu não sabia o que fazer, definitivamente, eu amo o Seth!
Respondi ao seu beijo e abracei-me a ele.

Renesmee Cullen

Saí do meu quarto de hotel, eu estava sozinha nele, os meus pais estavam noutro e o ainda por cima estávamos em Volterra.
Saí do meu quarto e fui até ao do Jake, bati á porta e ouvi ele a sair da cama.
- Nessie? – Estava com os cabelos, completamente, despenteados. – O que se passa? – Perguntou-me.
- Isto pode parecer idiota mas eu…eu, tenho medo de ficar sozinha naquele quarto. – Respondi.
Jacob abriu mais os olhos para acordar e puxou-me para dentro do quarto.
- Anda, meu amor. – Entrei e Jacob sentou-se em cima da cama.
- Podes dormir aqui, eu durmo no sofá. – Disse o Jacob.
Puxei a sua mão e sentei-o ao pé de mim. Qual era o problema de dormir ao pé dele? Eu amo-o.
- Não…fica aqui. Por isso mesmo é que vim para aqui, para me sentir segura. – Informei.
Deitei-me dentro dos lençóis e o Jacob deitou-se atrás de mim. Puxei a mão dele e pu-la á volta da minha cintura.
Virei-me para o outro lado e enterrei a cabeça no seu peito quente. O Jake tapou-nos e deu-me um beijo na cabeça.
- Amo-te… - Murmurou.
- Eu também, e muito. – Respondi.
Acordei de manhã com alguém a bater á porta com muita força.
- Jacob… - Murmurei ainda meia a dormir.
- Já vai, eu não quero ir para a escola! – Exclamou virando-se para o outro lado.
Hã? Só mesmo o Jacob, beijei o seu cabelo e fui abrir a porta. Era o Sam.
- Oh, eu pensava que o quarto do Jacob era este. – Disse o Sam.
- E é, podes entrar. Eu é que vim para aqui, mas vou já embora. – Disse eu.
O Sam entrou e fui para o meu quarto. Vesti-me, pouco depois saímos do hotel e fomos para a Torre do Relógio.

Espero que gostem! E comentem, eu agradeço!
Bjs, Melissa

2 comentários:

Anónimo disse...

Olá eu amoooh d+ o saite de vcs,entao eu queria saber o q é isso eeu adooreei

beijos amo muiito esse saite

Melissa - Renesmee Blog disse...

Olá!
Obrigada por gostar do nosso blog!
Bjs Melissa