sábado, 18 de setembro de 2010

Sky of my life, Capítulo 2 - Sentimentos...?


Capítulo 2 – Sentimentos…?
Renesmee Cullen


- És a melhor mana do mundo! – Exclamou Alice enquanto eu lhe dava os perfumes e umas roupas de estilistas de Paris.
Alice abraçou-se a mim e começou aos saltinhos. Fomos até á sala para jantar, o meu pai tinha ficado com o turno da noite no hospital.
- O jantar está óptimo. – Disse eu a sorrir.
- Obrigada, desta vez fui eu que fiz. – Disse a Alice orgulhosa de saber tocar num fogão.
Alice nunca soube fazer comer, eu acho que ela só sobrevive porque o marido dela, Jasper, sabe fazer comer.
Sorri assim como a minha mãe. Mais tarde saí, já de noite, de casa dos meus pais e fui até minha casa.
Só estava aqui há um dia e já sentia imensa falta da minha casa, da minha cama, dos meus sofás.
Basicamente de toda a minha casa e de todas as minhas coisas. Minutos depois já estava em minha casa.
Estacionei o carro na garagem e entrei dentro de casa. Ela estava igual, com o mesmo cheiro e com as mesmas coisas…
Vesti o meu pijama e enfiei-me dentro da minha cama a comer pipocas e a ver um filme romântico.
Ultimamente a minha vida é tudo menos romântica. Para além de namorar com o Seth o nosso carinho um pelo outro é só um carinho de amigos.
Queria ter aquela pessoa que passa-se as mãos pelos meus cabelos e sussurra-se aos meus ouvidos que sou a pessoa mais maravilhosa do mundo.
Fechei os meus olhos e adormeci, acordei de manhã e o Seth pediu-me para ir ter com ele ao campo onde eles estavam a treinar.
Vesti apenas um fato de treino, uns ténis e maquilhei-me um pouco. Peguei no carro e fui ter com ele.
- Olá, querida. – Saudou ele.
- Olá. – Respondi.
- Olha este é o Jacob, ele é novo na equipa. – Disse o Seth apontando para um homem parecido com aquele que quase matei no aeroporto.
O rapaz virou-se e era mesmo o Jacob! Tinha aquele rosto angelical e perfeito. Uns maxilares maravilhosos.
- Tu és aquela rapariga que me quase matou. – Disse o Jacob.
- É, parece que sim… desculpa mais uma vez. – Pedi.
Jacob sorriu com aquela boca maravilhosa e aquele sorriso perfeito.
- Não faz mal, estavas distraída assim como eu. – Disse Jacob.
Sorri um pouco envergonhada com os pensamentos que tinha com o rosto perfeito de Jacob e que pensava no quanto ele parecia ter um rosto lindo.
- Vocês conheciam-se? – Perguntou o Seth.
- Sim, o Jacob ou melhor eu choquei com o Jacob no aeroporto. Ele não sabia onde era a porta de embarque e por acaso ele era do meu voo por isso eu mostrei-lhe o lugar dele e a porta. – Respondi.
Seth olhou para nós enquanto sorriamos um para o outro. Jacob lançava-me um certo encanto como se tivesse algum poder em mim.
Cada vez que ele olhava algo em mim ficava agitado. Era como se nunca tivesse sentido aquilo por ninguém.
Fechei os olhos e voltei a abri-los. Eu gosto de Seth, não de Jacob que conhecia á apenas três dias.
Eu nunca fui uma rapariga que ter aquelas paixonetas malucas pelos rapazes. Nunca tive nenhum amor á primeira vista.
Nunca tive aquelas paixões enormes… eu sempre fui uma rapariga calma e concentrada nos estudos e agora no trabalho.
Na verdade, em relação aos homens, eu sempre fui bastante tímida. Nunca quis qualquer aproximação física com o Seth.
Às vezes consigo perguntar-me se alguma vez conseguirei me apaixonar verdadeiramente por alguém.
O que eu sentia por Seth não era realmente amor, era mais uma grande amizade. Eu sabia que ao dizer ao Seth isso eu iria magoar os seus sentimentos.
Uma semana passou e eu e Jacob começávamos a falar mais e a começar a ser amigos devido ao tempo que eu passava a ver os treinos chatos de Seth.
- Ei. Tudo bem? – Perguntou Jacob.
Ergui a cabeça do meu livro e olhei para o Jacob. Jacob, mesmo suado, tinha uma face maravilhosa.
Bjs Melissa ;D

Sem comentários: